A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Outubro de 2019

31/07/2019 10:03

Tia descobre estupro após diagnóstico de sífilis em crianças de 5 e 7 anos

Após consulta médica, as crianças foram diagnosticada com sífilis - doença sexualmente transmissível

Viviane Oliveira
Fachada da Delegacia de Atendimento à Mulher, em Dourados (Foto: Gizele Almeida/Dourados News) Fachada da Delegacia de Atendimento à Mulher, em Dourados (Foto: Gizele Almeida/Dourados News)

A Dam (Delegacia de Atendimento à Mulher) investiga o caso de estupro contra duas meninas de 5 e 7 anos, em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande.

A pena para o crime de estupro varia de de seis a dez anos de prisão.

Conforme o site Dourados News, uma tia descobriu o fato após as crianças serem diagnosticadas com sífilis. Em razão da morte do pai, as vítimas moravam com a avó na Vila São Brás.

Recentemente, uma tia das meninas foi até a casa e notou mudança no comportamento de uma delas.

Sempre alegre e brincalhona, a menina estava quieta, retida e conversando pouco, conforme relatos da parente à polícia. 

A mulher, então, levou as meninas para ficarem na casa dela e percebeu feridas na boca das meninas.

Após consulta médica, as crianças foram diagnosticada sífilis - doença sexualmente transmissível. Questionadas, as crianças relataram sobre o abuso que vinham sofrendo.

Imediatamente, a Polícia Civil foi procurada para registro do fato. Não há informação se o abusador é próximo das vítimas ou conhecido da família. 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions