ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Trabalhador madruga, mas plantão do saque emergencial começa sem fila

Agências da Caixa abrem neste sábado (30) para saque da segunda parcela, mas dia começou sem filas

Por Izabela Sanchez e Liniker Ribeiro | 30/05/2020 08:15
Segurança do lado de fora da agência localizada na 13 de maio, a maior de Campo Grande, sem ninguém (Foto: Kisie Ainoã)
Segurança do lado de fora da agência localizada na 13 de maio, a maior de Campo Grande, sem ninguém (Foto: Kisie Ainoã)

O dia começou ao contrário do que esperava quem madrugou para sacar a segunda parcela do auxílio emergencial do governo federal. Neste sábado (30), diferente dos primeiros dias do saque em espécie da primeira parcela, não havia fila e tinha agência que sequer registrou clientes nas primeiras horas do dia.

É o caso da agência da Rua Barão do Rio Branco, na região central, que exibia ausência total de público por volta das 7h30. Em Mato Grosso do Sul, 39 agências abriram hoje desde às 7h para acesso aos caixas, mas não havia mais do que 5 pessoas na fila dos locais visitados pela reportagem.

Na Barão, também não havia ninguém para sacar a segunda parcela (Foto: Kisie Ainoã)
Na Barão, também não havia ninguém para sacar a segunda parcela (Foto: Kisie Ainoã)

Na 13 de maio, quem madrugou para ir até a maior agência da cidade acordou muito cedo a toa. É o caso do autônomo Flávio Cabral Pires, 43, o primeiro a chegar para o saque em espécie pela segunda vez, já que também foi o primeiro a madrugar no saque da primeira parcela.

Ele chegou por volta das 3h. "Eu moro aqui perto então venho cedo, pensei que fosse ter fila, mas foi muito rápido, da próxima vez eu não saio tão cedo de casa", disse.

"Eu sei que tem aplicativo, mas eu nunca usei, vou ver se coloco crédito no meu celular pra mexer melhor", explicou.

O vendedor Enio Fernandes Machado, 65, chegou às 5h45. "Até falaram que não precisava chegar tão cedo, mas vai que o dinheiro acaba?", brincou ele, ao não lamentar ter pulado cedo da cama.

"O aplicativo tem que ser pelo celular, mas meu aparelho é antigo", explicou.

Flávio foi o primeiro a chegar, pela segunda vez, para sacar o auxílio (Foto: Kisie Ainoã)
Flávio foi o primeiro a chegar, pela segunda vez, para sacar o auxílio (Foto: Kisie Ainoã)

O paisagista Marcos Antonio Maciel, 49, chegou às 6h30 à agência da 13 de maio, mas se frustrou: o dinheiro não estava disponível. "Acredito que é porque estou com a primeira parcela há pouco tempo, vou esperar para ver se libera", comentou.

Segunda parcela - O saque da segunda parcela neste sábado é para aqueles que rceberam a primeira parcela até 30 de abril, os nascidos em janeiro e aqueles que pretendem fazer o saque em espécie.

A partir de sábado também será possível a transferência do benefício para contas de qualquer outro banco. Somente em Campo Grande são 15 agências, que estarão abertas entre 8h e 12h.

Funcionarão as unidades da Afonso Pena, 3.436; Barão do Rio Branco, 1.119; 13 de Maio, 2.837; Rua Bahia, 639; 15 de Novembro, 608; Avenida Gunter Hans, 3.602; Avenida Mascarenhas de Moraes, 2.470; Mato Grosso, 2.942; Gury Marques, 1.292; Rua Valdez, 69; Avenida Bandeirantes, 2.010; Avenida Tamandaré, 2,957, Avenida Coronel Antonino, 98; Avenida Eduardo Elias Zahran, 1.789; e Avenida Luiz Alexandre de Oliveira, 1.

No interior do Estado serão 24 agências. Somente em Dourados serão três: duas localizadas na Avenida Marcelino Pires, 3.023 e 1.297, e mais uma Avenida Weimar Gonçalves Torres, 2.467. Em Três Lagoas são mais duas unidades, na Rua Elvirio Mancini, 923 e Avenida Antonio Trajano dos Santos, 321.

Nos municípios de Amambai, Anastácio, Aquidauana, Caarapó, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Fátima do Sul, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia abrem uma agência cada no sábado.