A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

02/05/2017 16:40

Trânsito fez pelo menos 85 vítimas graves no fim de semana prolongado

Número de pacientes graves recebidos no pronto-socorro do hospital aumentou em relação ao fim de semana anterior

Anahi Zurutuza
Enfermaria da Ortopedia da Santa Casa, onde ficam pacientes acidentados (Foto: Santa Casa/Divulgação)Enfermaria da Ortopedia da Santa Casa, onde ficam pacientes acidentados (Foto: Santa Casa/Divulgação)

No fim de semana prolongado, o pronto-socorro da Santa Casa de Campo Grande atendeu 85 vítimas de acidentes de trânsito, principalmente, motociclistas. Foram 23 pessoas a mais que no fim de semana anterior, entre os dias 21 a 24 de abril, quando foram atendidas 62 pacientes acidentados nas ruas da Capital e do interior.

O maior hospital de Mato Grosso do Sul atende diariamente vítimas de todos os tipos de acidentes, mas é referência para os casos graves, chamados de média e alta complexidade.

Conforme divulgou a assessoria de imprensa da Santa Casa nesta terça-feira (2), nos quatro primeiros meses de 2017 foram atendidos 2.256 acidentados – média mensal de 589 pacientes, 19 por dia.

Neste feriadão, a média de entrada no pronto-socorro foi de 28 vítimas de acidentes no sábado, domingo e segunda-feira – 1º de maio, Dia do Trabalhador. Nos fins de semana e feriados, o número de atendimentos aumenta, principalmente por conta da combinação álcool e volante.

Do dia primeiro de janeiro ao dia 31 de dezembro de 2016 foram realizados 7.079 atendimentos a vítimas de trânsito na urgência e emergência, o que compõe uma média mensal de 590 atendimentos mês. No ano anterior, de 2015, foram 6.348 atendimentos, média de 529 vítimas.

O aumento de um ano para o outro é de 700 pessoas, 61 vítimas a mais todos os meses.

‘Maio Amarelo’ – A Santa Casa é uma das instituições participantes da campanha “Maio Amarelo”, promovida pelo Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) - mês voltado a ações que buscam consicentizar a população sobre segurança no trânsito e mais para a redução de acidentes. 

O hospital, conforme a assessoria de imprensa, vê com preocupação as estatística do pronto-socorro, que só comprovam que acidentes têm feito mais vítimas a cada ano.

O médico emergencista, Rodrigo Quadros, diz que os pacientes recebidos no hospital também tem chegado em estado mais grave. “É notável o aumento de pacientes vítimas de acidentes de trânsito que são trazidos para a Santa Casa. É muito importe se conscientizar a população sobre o cuidado no trânsito, pois o nível de gravidade dos traumas também estão aumentando”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions