ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Três homens têm prisão decretada após roubar Fiat Strada e ameçar proprietário

Audiência de custódia definiu prisão provisória na manhã desta terça-feira (24)

Por Aletheya Alves | 24/11/2020 14:01
Audiência de custódia foi realizada na manhã de hoje (24), no Fórum de Campo Grande. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Audiência de custódia foi realizada na manhã de hoje (24), no Fórum de Campo Grande. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Uma hora após roubo de Fiat Strada com ameaças no Jardim Anache, três homens foram presos em flagrante com o veículo e R$ 310. Durante audiência de custódia realizada nesta terça-feira (24), todos  tiveram prisão provisória definida.

Conforme registrado em auto de prisão, a Polícia Militar foi acionada na noite de ontem por volta das 21h12min devido denúncia de roubo. Durante buscas no Nova Lima, a equipe encontrou o veículo sendo conduzido pela Avenida Prefeito Heráclito Diniz e ocupado por três homens.

Ao receber ordem de parada, o condutor tentou fugir em alta velocidade, mas acabou sendo detido pelos policiais. Durante a abordagem, os três foram identificados como Rafael Cláudio Gamarra, de 18 anos, Cleverson Silva Braga, de 19, e Ricardo Ribeiro Espinoza, de 18. Dentro do veículo foram encontradas armas de fogo, R$ 310 e notas de cobrança.

Já apreendido enquanto adolescente por tráfico de drogas, Ricardo relatou que os três estavam a caminho do bairro Jardim Carioca quando pararam em um ponto de ônibus e teriam sido xingados pela vítima. Também disse que discutiram com o homem e roubaram o veículo.

Em depoimento aos policiais, o dono do veículo, de 37 anos, relatou que é mascate e havia realizado algumas cobranças antes de ir até o local do roubo, que é seu imóvel. Também contou que os três se aproximaram enquanto ele estava parado, quando anunciaram o roubo e um deles teria dito “explode ele”.

Após ligar o carro, os três fugiram com o veículo e o proprietário acionou a Polícia Militar, que os encontrou cerca de uma hora depois. Todos foram conduzidos para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro e reconhecidos pela vítima.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário