ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  22    CAMPO GRANDE 33º

Capital

Uems disponibiliza unidades para o tratamento de pacientes com o coronavírus

Reitoria sugere que as salas de aulas e auditórios, sejam adaptados para o atendimento de pacientes contaminados com a doença

Por Adriano Fernandes | 23/03/2020 20:51
Campus da Uems em Campo Grande. (Foto: Divulgação)
Campus da Uems em Campo Grande. (Foto: Divulgação)

A Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) colocou à disposição do governo do estado, toda a estrutura de suas 15 unidades para a criação de espaços de atendimento à pacientes diagnosticados com o coronavírus em Mato Grosso do Sul.

No ofício enviado nesta segunda-feira (23) ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), a reitoria indica que os prédios universitários podem ser utilizados, preferencialmente, como centros de apoio ao combate e tratamento da doença.

A sugestão da administração acadêmica é de que as salas de aulas e auditórios, pudessem ser adaptados ao atendimento de doentes, sempre seguindo orientação e protocolos da Secretaria de Estado de Saúde.

O ofício também prevê a disponibilização de automóveis da frota da Universidade para uso nas cidades de Aquidauana, Campo Grande e Dourados. "Num momento de esforço conjunto entre vários setores da sociedade e instituições públicas e privadas, colocamos à disposição do Governo do Estado toda a nossa infraestrutura para o atendimento às pessoas que precisarem de atendimento, no enfrentamento dessa pandemia", afirma o reitor Laércio de Carvalho.

Os municípios em que a Uems tem unidades são Aquidauana, Amambai, Campo Grande, Cassilândia, Coxim, Dourados, Glória de Dourados, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba e Ponta Porã.

A UEMS já está atuando de forma efetiva no combate ao coronavírus dentro do programa de residência multiprofissional em saúde da família, vinculado ao curso de Medicina da Universidade. Os residentes do curso já estão participando de todas as atividades de atendimento emergencial da Secretaria de Saúde de Campo Grande.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário