ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  22    CAMPO GRANDE 32º

Capital

Um ano depois do crime, casal acusado de degolar jovem em praça vai a júri

Julgamento está marcado para o dia 17 de fevereiro; jovem armou emboscada para ex-namorada e marido a matou, consta na acusação

Por Anahi Zurutuza | 30/01/2017 18:50
Kielvenn de Moraes e Iris Adriana, que foram presos em flagrante, em Ribas do Rio Pardo (Foto: PCMS/Divulgação)
Kielvenn de Moraes e Iris Adriana, que foram presos em flagrante, em Ribas do Rio Pardo (Foto: PCMS/Divulgação)

Kielvnn de Morais, de 25 anos, e Iris Adriana Barbosa da Silva, 23, vão a júri popular. O casal é acusado de armar emboscada e matar degolada a jovem Thais Giedry Borges dos Santos, 22, na praça do Rádio Clube, no Centro de Campo Grande.

O crime aconteceu no dia 31 de janeiro do ano passado e o julgamento foi marcado para o dia 17 de fevereiro, a partir das 8h.

Iris namorou Thais antes de passar a conviver com Kielvnn, com quem teve uma filha. O marido teria ficado com ciúmes porque as duas ainda mantinham contato. Segundo Iris, ele a ameaçou de morte e com medo, ela afirmou que o ajudou a planejar a morte da ex-namorada.

No início da noite do domingo, 31 de janeiro, o casal saiu de Ribas do Rio Pardo – a 103 km de Campo Grande – e numa motocicleta, vieram com a filha do casal, de apenas 9 meses, para

Campo Grande. Ao chegarem à Capital, Iris teria ligado para Thais e dito que a bebê estava doente e perguntou se ela não queria vê-la. O combinado foi de se encontrarem na praça, em frente ao local onde a vítima trabalhava como garçonete.

Conforme apurou a polícia, Thais cumprimentou Kielvnn e ao se abaixar para beijar o bebê, foi agarrada pelos cabelos e teve a garganta cortada com uma faca.

O casal foi detido em flagrante no dia 1º de fevereiro de 2016, em Ribas do Rio Pardo, onde a família morava, e continua preso.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário