A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

01/02/2016 21:01

Polícia prende casal suspeito de matar jovem na Praça do Rádio Clube

Thiago de Souza
Homem preso na tarde de hoje foi identificado apenas como Kelvin. (Foto: Divulgação PCMS)Homem preso na tarde de hoje foi identificado apenas como Kelvin. (Foto: Divulgação PCMS)
Iris foi presa em Ribas do Rio Pardo e tem participaçãoo na morte de jovem. (Foto: Divulgação PCMS)Iris foi presa em Ribas do Rio Pardo e tem participaçãoo na morte de jovem. (Foto: Divulgação PCMS)

A Polícia Civil afirma ter esclarecido a morte de Thais Giedry Borges dos Santos, 22, esfaqueada e quase degolada, na noite desse domingo (31), na praça do Rádio Clube, em Campo Grande. Segundo a polícia um casal,  identificado apenas como Iris e Kelvin é suspeito do crime. Eles foram presos em flagrante, na tarde de hoje (1), em Ribas do Rio Pardo, a 92 quilômetros de Campo Grande. No entanto, a motivação ainda não foi divulgada pelas autoridades, que só devem se pronunciar nessa terça-feira.

O casal aparenta ter entre 25 e 30 anos de idade e estaria fugindo do Estado. O delegado Bruno Urban disse que a Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo usou todo o efetivo do distrito nas investigações, além de policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais).

O crime

Conforme o delegado Enilton Zalla, que atendeu a ocorrência em Campo Grande, uma testemunha, que trabalhava junto com Thais na pastelaria em frente a praça, contou que a vítima estava trabalhando, momento que recebeu uma ligação de uma pessoa marcando encontro na praça. Ela deixou o expediente e foi até o local, que fica cerca de 70 metros da pastelaria.

Os colegas, então, perceberam que Thais estava demorando e foram até a praça. No local, a encontram já morta.

Segundo o delegado, a última ligação que a jovem recebeu foi por volta das 23h20, de uma mulher que a vítima manteve relacionamento amoroso. A polícia ligou várias vezes para o número, mas ningúem atendeu a ligação. Ainda não se sabe se esse telefone pertence a Iris, presa na tarde de hoje.

De acordo com um familiar de Thais, a moça era muito reservada e tímida. Ela não se abria com ninguém, por isso não soube dizer se a moça recebia ameaças.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions