A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

05/10/2014 12:46

Urna trava e eleitor fica sem votar para 3 cargos

Caroline Maldonado
Na Escola Hércules Maymone, tempo de espera na fila era de, no máximo, 15 minutos nesta manhã, segundo eleitores (Foto: Marcelo Calazans)Na Escola Hércules Maymone, tempo de espera na fila era de, no máximo, 15 minutos nesta manhã, segundo eleitores (Foto: Marcelo Calazans)

Um senhor de 65 anos ficou irritado depois de saber que não poderia votar para senador, governador e presidente nesta manhã na Escola Hércules Maymone. A urna travou no momento em que o homem votaria para senador, ele esperou que o problema fosse resolvido, mas não pôde votar porque o tempo de 20 minutos foi excedido, segundo o mesário da sessão 73, Ederaldo Rodolfo Ferreira. O eleitor terá que justificar, no TRE (Tribunal Regional Eleitoral), o motivo de não ter conseguido votar.

Um auxiliar telefonou para o TRE e técnicos resolveram o problema no sistema a distância, sem precisar ir até a sessão. Os eleitores esperaram 20 minutos até que o problema fosse resolvido, de acordo com o mesário.

“O senhor votou só para deputado estadual e federal e ficou bem chateado de não poder votar para o resto. Ele ficou bravo, porque queria votar, argumentou mas não tinha como pois passou o tempo dele”, explicou Ederaldo.

Eleitores que ficaram sabendo do ocorrido ficaram com receio de ter o mesmo problema, mas até o fim da manhã o fato não se repetiu na escola. “Eu ia ficar chateado, porque esse ano todo mundo quer participar. Ainda mais, que ele não conseguiu votar por um problema alheio”, disse o militar da reserva, Oscar Teixeira Neto, 69 anos.

Já na opinião da funcionária pública Francielle Batista, 30 anos, os eleitores precisam ter compreensão em casos como esse. “Isso nunca aconteceu. É a primeira vez que estou vendo isso. Acho que é uma questão técnica que pode acontecer”, defendeu.

Para Francielle, problemas técnicos são normais (Foto: Marcelo Vitor)Para Francielle, problemas técnicos são normais (Foto: Marcelo Vitor)

Problemas técnicos não são o únicos, muita gente acabou se atrapalhando e perdeu mais tempo nos locais de votação. De acordo com a fiscal Ângela Maria Telles, muitas pessoas têm dificuldade para achar a sala em que devem votar, alguns esquecem a relação com os números dos candidatos, outros esquecem os títulos de eleitor. “Muita gente esqueceu a “colinha”, principalmente idosos. Mas aí eles pode conferir na relação dos candidatos que está em cada sala”, disse.

Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...
Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions