ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  16    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Usuário de anabolizante infarta e morre em unidade de saúde

No atestado de óbito consta que a vítima teve "infarto agudo do miocárdio, edema agudo de pulmão"

Por Dayene Paz e Silvia Frias | 27/05/2024 10:51
CRS Nova Bahia, onde vítima estava internada. (Foto: Google)
CRS Nova Bahia, onde vítima estava internada. (Foto: Google)

Ivan Alves Franco, de 44 anos, sofreu um infarto e morreu no CRS (Centro Regional de Saúde) do Bairro Nova Bahia, em Campo Grande, na madrugada deste domingo (26). Ele era usuário de anabolizantes e vários medicamentos foram apresentados na delegacia de polícia, onde o caso foi registrado como "morte a esclarecer".

A esposa de Ivan contou que o casal estava junto há seis meses e desconhecia o uso dos esteroides. Ela disse que Ivan começou a passar mal na quinta-feira (23) e, dois dias depois, no sábado (25), o quadro de saúde piorou, quando ele passou a reclamar de falta de ar, dores no peito e dormência do braço esquerdo.

A mulher o levou até o CRS Nova Bahia, onde Ivan foi atendido e ficou internado. Contudo, não resistiu e morreu na madrugada deste domingo. No atestado de óbito consta: "infarto agudo do miocárdio, edema agudo de pulmão". Além disso, fígado e rins do homem também apresentavam alterações.

Tais alterações podem ter sido causadas pelo uso de anabolizantes, mas não há informações sobre há quanto tempo ele fazia o uso dos esteroides. A esposa de Ivan apresentou na delegacia um verdadeiro "coquetel de anabolizantes", mas disse que não tinha conhecimento que o marido os utilizava.

Foram apresentados na delegacia os seguintes medicamentos: 1 frasco de 10 ml de trembolona enantato - que ajuda a desenvolver a musculatura de forma rápida, contudo, ao custo de efeitos colaterais severos: agressividade, depressão, queda de cabelo e problemas cardiovasculares estão entre as reações adversas desencadeadas.

Também foi apresentado pela esposa: 1 frasco de 10 ml de cipionato de testosterona - usado para tratamento em pessoas com deficiência de testosterona (hipogonadismo) e também para pessoas que não tem deficiência do hormônio que querer ter níveis mais altos, para o ganho de força e massa muscular. O uso de testosterona em doses acima do normal pode desencadear alteração no colesterol, doenças cardíacas, irritabilidade, acne, queda de cabelo e lesões graves no fígado.

Também foi apresentado 100 comprimidos de metandrostenolona - medicamento muito utilizado por fisiculturistas e vendido sob o nome comercial Dianabol e alguns outros. É usado para aprimorar o desempenho físico. Efeitos colaterais: pele oleosa, acne, seborreia, aumento do crescimento do cabelo facial/corporal, perda de cabelo no couro cabeludo e virilização podem ocorrer. Também podem ocorrer efeitos colaterais estrogênicos, como ginecomastia e retenção de líquidos.

Nota de pesar - A Cruz Vermelha Brasileira de Mato Grosso do Sul publicou nota de pesar, lamentando a morte de Ivan. Ele era voluntário do local. "Estamos em contato com a família para prestar todo amparo e suporte que o momento exige. Solidarizamo-nos com os familiares e amigos e expressamos os nossos mais sinceros sentimentos", diz a nota.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias