A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/01/2013 17:59

Vai a júri na próxima quinta-feira acusado de matar bombeiro a tiro

Crime aconteceu em dezembro de 2011, no bairro Coronel Antonino, em Campo Grande

Nadyenka Castro
Reconstituição do crime foi feita dias depois. (Foto: Pedro Peralta)Reconstituição do crime foi feita dias depois. (Foto: Pedro Peralta)

Vai a júri popular a partir das 8 horas da próxima quinta-feira (17), em Campo Grande, Valdir Alves da Conceição. Ele é acusado de matar o sargento do Corpo de Bombeiros Marcos Luciano Guilherme dos Santos, de 40 anos, na madrugada do dia 25 de dezembro de 2011, no bairro Coronel Antonino.

Marcos Luciano passava pelo local do crime no Fiat Uno dirigido por Rosevelte de Oliveira quando viu um rapaz sendo alvejado por tiros. O jovem era Willian Cristofer de Oliveira Souza, 20 anos.

O militar tentou impedir o crime e acabou baleado por Valdir Alves da Conceição, de 23 anos. De acordo com a Polícia Civil, João Paulo Neves Dutra ajudou Valdir a carregar as munições na garrucha utilizada no crime.

Marcos Luciano morreu com dois tiros no peito. William -o alvo - de Valdir e de João Paulo - e Roosevelte, foram atingidos no braço e sobreviveram.

Valdir foi preso pela PM (Polícia Militar) quatro dias após o crime. João Paulo se entregou à Polícia Civil no dia 2 de janeiro de 2012 e foi solto no dia 4 de abril por determinação judicial, mas voltou à cadeia três meses depois pelo crime de tráfico de drogas: ele foi preso em flagrante com sete quilos de pasta base de cocaína, em Miranda.

Em outubro, a Justiça mandou Valdir a júri popular e absolveu sumariamente João Paulo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions