A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/06/2012 19:29

Vazamento de gás metano no HU ocorreu após refluxo na rede de esgoto

Nyelder Rodrigues e Paula Maciulevicius

Após o vazamento de gás metano que fez cerca de 50 pessoas passarem mal no ambulatório do Hospital Universitário (HU) na manhã de hoje (15), em Campo Grande, o Corpo de Bombeiros explicou o vazamento aconteceu.

Conforme o capitão Leonardo Congro, o que houve no local foi um refluxo da rede de esgoto, que está interligada ao hospital. Esse refluxo da rede de esgoto fez com que os gases de fossas sépticas exalassem o gás, que foi levado pelo vento até o 2º andar do prédio do HU, onde fica o ambulatório.

O gás entrou na sala do ambulatório pelo ar-condicionado, e as pessoas que passaram mal foram atendidas pelo Bombeiros, mas logo se recuperaram. O oficial também explicou que o gás é inflamável e quando inalado, provoca dor de cabeça, náuseas e irritação na garganta durante o período de contato, podendo causar intoxicação se inalado em grandes contatos.

O trabalho das equipes do Corpo de Bombeiros no local durante essa manhã foi também dedica à descobrir onde vinha o vazamento e orientar a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), que administra o HU, a proceder pro melhorias na estrutura do hospital, evitando que o caso ocorra novamente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions