A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/10/2015 13:19

Velório de pastor e filhos será na Capital, mas corpos ainda estão no IMOL

Luana Rodrigues
Pastor e filhos morreram no acidente, Helen foi socorrida e passa bem. (Foto: Reprodução/Facebook)Pastor e filhos morreram no acidente, Helen foi socorrida e passa bem. (Foto: Reprodução/Facebook)

O velório do pastor Wanderson Duarte, de 31 anos, e os filhos Lucas e Gabriela de 12 e 8 anos, será realizado em Campo Grande. A informação é da igreja Internacional da Graça de Deus da Capital. Já a pastora Jocelise Pereira, que também estava no carro, deve ser levada para Três Lagoas, já que a família dela é de lá. A esposa do pastor, Hellen Rolon de Sousa Duarte, já recebeu alta do hospital, mas está em estado de choque.

Conforme informações do pastor Eduardo dos Santos, da igreja Internacional da Graça de Deus da Capital, todos os fiéis estão muito abalados com o acidente. "É um abalo, algo que ninguém esperava, mas nós acreditamos e confiamos em Deus e temos certeza que ele conduz tudo da melhor maneira possível", disse.

O pastor explicou que os corpos ainda estão no IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Campo Grande aguardando liberação para que depois haja a preparação. O local do funeral ainda não está definido. 

Wanderson era pastor da igreja internacional da Graça de Deus em Campo Grande há mais de dez anos, e há dois ele foi transferido para Três Lagoas, onde era conhecido por ensinar os fiéis a confiarem nos desígnios de Deus.

O estado de saúde de Roberto Benites é estável, ele estava conduzindo o veículo Pálio, que teria invadido a pista contrária e causado o acidente. O que se sabe é que ele não está internado na Santa Casa. O corpo da esposa de Roberto também está no IMOL aguardando liberação.

Bêbado - O acidente ocorreu na noite de ontem (3), no quilômetro 281 da BR-262, entre Ribas do Rio Pardo e Água Clara - distante cerca de 170 quilômetros de Campo Grande. A suspeita é de que o motorista do outro carro, que invadiu a pista contrária e causou o acidente, estava embriagado.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o condutor do Fiat Palio, Roberto Benites, estava com cheiro forte de álcool e uma lata de cerveja foi encontrada dentro do veículo. "As evidências apontam que o acidente foi causado por embriaguez ao volante do condutor do Fiat Palio, que invadiu a mão contrária de direção, vindo a colidir com RenaultSandero", informou a polícia por meio de nota.

Após a colisão, os carros explodiram e três pessoas foram carbonizadas, entre elas Wanderson, outra pastora identificada como Jocelise Pereira e a mulher que estava no outro carro, esposa de Roberto.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions