ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Vendido, Extra soma multas de R$ 237 mil por inúmeros problemas

Rede foi autuada 16 vezes em 2021 por problemas que vão da venda de produtos vencidos a longas filas de caixa

Por Jhefferson Gamarra | 25/11/2021 09:22
Unidade da loja Extra em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis)
Unidade da loja Extra em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis)

Mesmo com os dias contados para o fechamento, a Rede Extra de Hipermercados de Campo Grande foi multada em R$ 237.484,80 pelo Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor), por acumular diversas irregularidades ao longo de 2021.

No último dia 14, o Grupo Pão de Açúcar anunciou a venda de 71 pontos comerciais do Extra Hiper para o Grupo Assaí Atacadista.

De acordo com o Procon, desde o começo do ano, inúmeros problemas se repetiram na rede, principalmente a exposição de produtos com prazo de validade expirado, desrespeito a consumidores com direito a atendimento prioritário, ausência de produtos divulgados nas promoções e inexistência de preços nos produtos ou gôndolas.

Também foram verificados problemas de divergência nos valores expostos nos produtos e os efetivamente cobrados nos caixas, poucos caixas em atendimento mesmo em dias de movimento elevado, acarretando em longo tempo de espera em filas.

O valor da multa corresponde a 5.580 Uferms (Unidades Fiscais Estaduais de Referência de Mato Grosso do Sul), que, atualmente, o valor unitário está cotado em R$ 42,56.

A reportagem entrou em contato com o GPA (Grupo Pão de Açúcar), responsável pela Rede Extra de Hipermercado, para se manifestar sobre os problemas supracitados, mas até a publicação da matéria, não houve retorno.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário