A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

18/07/2014 17:37

Vento de 88 km/h destrói barracos e índios pedem doações

Filipe Prado
Algumas barracas foram destruídas pelos ventos de 88 km/h (Foto: Pedro Peralta)Algumas barracas foram destruídas pelos ventos de 88 km/h (Foto: Pedro Peralta)

As rajadas de vento de 88,2 quilômetros por hora, que atingiram Campo Grande, pegaram de surpresa várias pessoas na madrugada de hoje (18). Um dos locais atingidos foi o acampamento indígena, no Bairro Santa Mônica, destruindo os barracos de 64 famílias, que esperam a criação da 5ª aldeia urbana da Capital.

Uma das líderes do movimento, Vastir Eloy, revelou que a tempestade da madrugada causou alvoroço nos indígenas. Com as lonas arrastadas ou rasgadas pelo vento, as crianças precisaram ser levadas para casas de vizinhos do acampamento, enquanto os adultos se amontoavam nas barracas que sobraram.

 

Eles precisaram cavar uma vala para conter a água (Foto: Pedro Peralta)Eles precisaram cavar uma vala para conter a água (Foto: Pedro Peralta)

Alguns, com medo que a água da chuva entrasse nas barracas, cavaram valetas para desvio. A cozinha comunitária, usada no acampamento, também foi destruída pela chuva e alguns alimentos foram perdidos. De acordo com o sistema de monitoramento da Prefeitura, na região sul da cidade, foram registrados 12,5 milímetros de chuva desde as primeiras horas da madrugada.

Com medo da previsão para o final de semana, que prevê 15°C e chuva, os indígena pediram doações de lona e madeira, além de roupas e agasalhos, que foram perdidos no temporal. “O principal é a lona para cobrirmos os barracos”, complementou Vastir.

A preocupação, segundo Vastir, aumenta porque no acampamento moram duas crianças com deficiências físicas.

O acampamento fica no cruzamento das ruas Marin e Lúcia Helena Coelho, no Bairro Santa Mônica. Para quaisquer informação ou doeações, entre em contato com Vastir pelo telefone 9687-4454.

A lona da cozinha comunitária foi levada pelo vendaval (Foto: Pedro Peralta)A lona da cozinha comunitária foi levada pelo vendaval (Foto: Pedro Peralta)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions