A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Junho de 2018

15/02/2011 16:50

Sem viaturas, PM "sofre" em bairros da região sul de Campo Grande

Danúbia Burema e Ricardo Campos Jr.

Problema tem afetado atendimento a ocorrências

Na Coophavilla, apenas motocicletas ficam disponíveis para policiamento.Na Coophavilla, apenas motocicletas ficam disponíveis para policiamento.

Problemas nas viaturas da Polícia Militar impedem atendimento de ocorrências em vários bairros da Capital, reclamam moradores e comerciantes. Na região centro-sul da cidade, há pelotões que ficam sem nenhum carro disponível, nem mesmo para as emergências.

O Comando da PM confirma o problema, mas diz que é localizado e que as viaturas dependem da fila de revisão na concessionária, porque apenas uma faz esse tipo de trabalho para a Renault. A expectativa é que a questão seja resolvida até o fim desta semana.

A PM explicou que o problema tem causado certa demora no atendimento de ocorrências na região, mas garante que nenhuma solicitação deixou de ser atendida.

Nesta manhã, o Campo Grande News esteve nos pelotões dos bairros União e Coophavilla II. Em nenhum deles havia viaturas.

No segundo bairro, a situação ficou tão crítica ontem, que após acionar o 190 e não conseguir viatura, o dono de um lava-jato foi pessoalmente ao pelotão pedir ajuda policial, conta.

Contudo, não foi atendido porque a única viatura disponível estava sendo guinchada logo que ele chegou. O comerciante foi então orientado a procurar novamente o 190.

As reclamações são principalmente de comerciantes, que não querem se identificar, por dependerem do trabalho da PM. Mas os relatos são semelhantes, sempre pela ausência da Polícia devido a falta de meio de locomoção.

Um outro dono de loja, que só se identificou como Wilson, contou que precisou da PM na última sexta-feira após ter seu estabelecimento furtado, mas não foi atendido por conta da falta de viatura.

Ele garante que ligou em outros postos da PM, mas o problema era ‘generalizado’. Nesta manhã, uma viatura do Tático do 10° Batalhão fazia policiamento na região compreendida entre os bairros União, passando pelo Coophavilla e até o Distrito Industrial.

“A maioria das pessoas está comentando”, diz uma cozinheira de 36 anos que trabalha no restaurante da região da Coophavilla. Moradora do bairro Serra Azul, ela diz que pelo bairro circula a notícia da falta de viaturas. “Não tem segurança nenhuma”, desabafa.

Ainda nesta manhã, uma das viaturas do posto do Coophavilla II foi levada para conserto. Em outra, faltava apenas 500 quilômetros para trocar o óleo e por isso poderá ficar parada junto com as outras no comando, a espera de manutenção.

Conforme policiais, mais de dez carros estão parados na sede do comando, onde aguardam conserto.

Única viatura disponível na região está se revezando em três batalhões e está a apenas 500 quilômetros de ir para manutenção da troca de óleo. (Foto: João Garrigó)Única viatura disponível na região está se revezando em três batalhões e está a apenas 500 quilômetros de ir para manutenção da troca de óleo. (Foto: João Garrigó)
Delegacias da Mulher ganham 24 viaturas para atendimento
O Governo do Estado entregou nesta manhã 24 viaturas para 12 delegacias da Mulher que funcionam em Campo Grande e em municípios do interior do Estado...
Sejusp entrega viaturas para o Corpo de Bombeiros
O secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, e o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Ociel Ortiz, entregam hoje ...
PMA recebe 3 viaturas para combater incêndio no Pantanal
A PMA (Polícia Militar Ambiental) receberá três caminhonetes Ford Ranger até o final deste mês para reforçar o combate a incêndios no Pantanal. Os ve...
Viaturas estragam e atrapalham o Samu na Capital
Várias viaturas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) estão estragadas e a situação tem complicado o trabalho dos socorristas na Capital...


Pois ehh não e so falar nem meter a boca!!!!!
em governos ou outras pessoas ...
Temos q agir uma andorinha só nao faz verão
esses q falam mal e pior q o governo so falar nao adianta nada
Agirrrr
 
Ana Paula f costa em 17/02/2011 01:14:04
apoiadissímo senhor paulo guimarães por esse comentario,bem feito p quem vendeu o seu voto..rsrsrssr
 
maira mendes em 16/02/2011 12:51:59
Gente, não é só na capital, não. O interior também tem sofrido pela falta de policiamento nas ruas. Aqui onde eu moro, Jardim, cresceu assutadoramente o número de furtos e roubos em residências. É perceptível a ausência das RP's nas ruas, e os policiais reclamam da falta de viatruas e combustível para fazê-las rodar. Com isso, os bandidos fazem a festa. Sem o policiamento ostensivo, eles se enchem de ousadia, e o que vivemos aqui é um clima de apreensão e medo.
Ninguém mais se sente seguro, nem em casa, nem fora dela. Numa cidade de 25 mil habitantes, aproximadamente, isso é alarmante.
Alguma coisa precisa ser feita, e já.
 
marly siqueira caramalack em 16/02/2011 11:13:45
E as motos? estão paradas nas casas dos pms?
 
Sandro Lima em 16/02/2011 10:46:51
Bem feito, trocaram o voto por uma cesta básica, agora aguentem "il cappo" por mais quatro anos.
 
Paulo Guimaraes em 16/02/2011 10:20:30
Este é o governo do sr. André , está um caos ( ainda conseguiu se eleger no 1º turno) se gasta horrores com propaganda na tv. Esse dinheiro se fosse economizado não teriamos falta de muitas coisas prioritaria, como: saúde, educação e segurança que na campanha eleitoral são prioridades, só que passada as eleições o investimento nestas areas são minimos.
 
DALVA GARCIA em 16/02/2011 09:46:10
Sem viaturas de policia para nos atender daqui uns dias serão criadas milicias em Campo Grande, dai pareceremos Rio de Janeiro.
 
Pedro Nonato em 16/02/2011 09:23:21
Cadê as viaturas de policia Sr. governador?
Essa noite foi um caos e ninguém me atendeu.
O indice de homicidio e assalto aumentou esse mês.
Para onde está indo o dinheiro dos impostos que eu pago em dia?
 
Pedro Nonato em 16/02/2011 09:21:31
"Nenhuma solicitação deixou de ser atendida" (HAHAHA) Parece tudo uma grande brincadeira!
 
Roberto S. P. Dias em 16/02/2011 09:07:05
É uma VERGONHA! É isso que nós sentimos! Sem hospital decente, sem policiamento eficaz, transito, amarelinhos...etc...etc...etc...! O que vem por aí?
 
JULIANO MARQUES em 16/02/2011 08:17:32
Ja tem alguns meses que o centro comercial da coophavila II vem sofrendo com arrombamentos e furtos em seus estabelecimentos, toda vez é orientado que se entre em contato com o 190, porém nunca apareceu um policial para fazer BO, embora fosse pedido que fosse aguardado que em breve iriam fazer pericia no local, isso acontece não foi em uma duas lojas não, foram em todas as vezes que se acionou o 190!
 
eliane costa em 16/02/2011 08:15:48
A venda de votos é uma coisa horrivel, porque alguns vendem o seu votos e os outros pagam por 04 anos....heheheheh.
 
agricio araujo em 16/02/2011 01:41:06
Quero informar também que área central no final de semana passada estava sem viatura, se quer uma viatura estava rodando, a Viatura Tática do 1º Batalhão era a única que estava rodando e esta atendia toda a região do 1º Batalhão, que compreende os bairros Planalto, Santo Amaro, Coophatrabalho, Santa Carmélia, Popular, Nova Campo Grande, Serradinho, União, Tijuca, Coophavila, Santo Antonio entre outros nessa região, e digo mais, ficou sim várias ocorrências sem atendimento.
 
Antonio Marques em 15/02/2011 09:48:10
NO AERO RANCHO ACONTECE A MESMA COISA SEM VIATURA
 
eliane costa arruda braga em 15/02/2011 08:02:55
Não disseram toda a verdade ao CAMPOGRANDENEWS.
A verdade é que faz tempo que está faltando viaturas policiais em Campo Grande, e ninguém não fala nada a respeito.
O governo faz propaganda que há viaturas, (mentira), por que quando ele anuncia a compra de 300 viaturas, 360 das antigas não estão mais em condições de funcionamento, ora, uma viatura rodando 24 horas por dia, 7 dias por semana, 30 dias por mês, 365 dias por ano, sai guarnição, entra guarnição e a viatura não pára, pára apenas para trocar óleo, já fizeram a média de quantas viaturas estão paradas? É uma média de mais de 80% das viaturas.
No governo passado não faltava gasolina, no atual não há gasolina quiçá viatura, se houver uma pesquisa avançada sobre esse assunto vocês se assustarão com o resultado.
Não há viaturas suficientes para atender Campo Grande, se tiverem acesso ao 190 (CIOPS) e se este órgão disser a vedade se descobrirá que muitas das ocorrencias não são atendidas, vocês repórteres façam o teste, liguem ao 190, e quando forem atendidos, se forem atendidos, descobrirão que não há viaturas para atender vossas solicitações, seja ela qual for.
 
Pedro Nonato em 15/02/2011 07:45:10
Isso é uma vergonha Sr Governador.....
 
eduardo kotlevski em 15/02/2011 07:41:09
De quem é a concessionária que ganhou a licitação? De quem? De quem?
 
Josivaldo Marques em 15/02/2011 06:19:38
NÃO É SÓ NA REGIÃO DO COOPHAVILLA E UNIÃO QUE ESTÃO SEM VIATURAS, NA REGIÃO DO IMBIRUSSU (COOPHATRABALHO E POPULAR) A SITUAÇÃO É AINDA PIOR, LÁ ELES AINDA TEM OS CONSELHEIROS COMUNITARIOS POR ELES TENTANDO AJUDAR DE ALGUMA FORMA NO IMBIRUSSU NEM ISSO...
 
Pedro Antonio em 15/02/2011 05:16:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions