A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/06/2015 14:10

Videomonitoramento é finalmente ativado e quer reduzir 30% dos crimes

Sistema deve auxiliar também no atendimento de acidentes

Michel Faustino
 22 câmeras foram instaladas em pontos estratégicos do quadrilátero central. (Foto: Denilson Secreta/PMCG) 22 câmeras foram instaladas em pontos estratégicos do quadrilátero central. (Foto: Denilson Secreta/PMCG)

O sistema de videomonitoramento de Campo Grande, que será inaugurado oficialmente nesta sexta-feira (09), a partir das 08h, deve reduzir em até 30% os índices de criminalidade na região central, conforme estimativa da secretaria municipal de Segurança Pública.

De acordo com dados da Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública), de janeiro até agora (18), Campo Grande registrou 10.365 casos de roubos e furtos, em sua maioria, praticados na região central.

Com o sistema em funcionamento, o tempo para o atendimento dos crimes e também acidentes devem ser de, no máximo, cinco minutos após a ocorrência. O CCO (Centro de Controle Operacional) foi instalado na Rua Anhanduí, em frente ao Horto Florestal.

Inicialmente, 22 câmera foram instaladas e o sistema já está operando desde o dia 1º de junho, em fase de teste. 24 guardas municipais, seis integrantes da Defesa Civil, quatro agentes de trânsito e quatro policiais militares foram capacitados para operar o videomonitoramento.

Investimento - O sistema têm investimento R$ 860 mil, recursos proveniente do Ministério da Justiça, com contrapartida de R$ 150 mil do município, tendo nove quilômetros de fibra óptica.

 As 22 câmeras foram instaladas em pontos estratégicos do quadrilátero formado pelas ruas Rui Barbosa; 26 de Agosto, Noroeste e avenida Mato Grosso, cobrindo espaços e logradouros públicos de grande aglomeração, como o Mercadão Municipal, Camelódromo, Praça Ary Coelho, Morada dos Baís, Orla Ferroviária, além da Feira Central.

Novas câmeras - A Prefeitura de Campo Grande também tem expectativa de que até o fim do ano o sistema seja ampliado em 30%, com o acréscimo de mais sete câmaras de vigilância, a serem instaladas ao longo dos 900m da Orla Ferroviária. Ao todo, serão 29 câmaras funcionando na região central, onde são registradas cerca de 90% das ocorrências do Centro da Cidade.

 



ótimo, a população está mais segura. E o GISA da SESAU? Engavetaram os mais de 8 milhões que foram aplicados não sabemos onde, hein?
 
edinho em 18/06/2015 19:28:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions