ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Vigilante de condomínio é indiciado por homicídio no Campo Nobre

O crime aconteceu no último dia 5, no residencial Reinaldo Busanelli II; vítima chegou a ser socorrida pelo Samu, mas não resistiu

Por Maressa Mendonça | 21/10/2019 13:51
O crime aconteceu no residencial Reinaldo Busanelli II (Foto: Arquivo/Kisie Ainoã)
O crime aconteceu no residencial Reinaldo Busanelli II (Foto: Arquivo/Kisie Ainoã)

Um vigilante de 34 anos foi indiciado pela Polícia Civil pelo assassinato de outro homem, de 45 anos, no último dia 5 no Condomínio Reinaldo Buzanelli II, no Bairro Campo Nobre, em Campo Grande. Ele disse que a vítima vendia drogas na região e o teria ameaçado.

O suspeito foi identificado pela polícia, mas não foi encontrado imediatamente. Alguns dias depois, ele foi até a delegacia acompanhado do advogado e confessou o crime. Ele também entregou o revólver calibre .38 usado naquele dia.

Na delegacia, o vigilante disse que a vítima estava comercializando drogas no local e o teria ameaçado. Como não estava em flagrante, ele foi indiciado e vai responder ao processo em liberdade.

O crime - Um homem foi baleado com dois tiros no fim da manhã de sábado (5) no residencial Reinaldo Busanelli lI, no Jardim Campo Nobre, região sul da Capital. Os disparos atingiram o rosto e as costas do rapaz.

Vítima e suspeito moram no residencial e teriam passado a noite bebendo e ouvindo música em frente ao local, mas começaram a discutir e houveram os disparos.

Ferido, o rapaz saiu caminhando pelo condomínio, momento em que o atirador ainda teria dado mais dois disparos para o alto. A vítima ainda seguiu por alguns metros e foi socorrida por moradores. Ele faleceu no dia seguinte na Santa Casa.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário