A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018

04/02/2016 19:28

Vigilante que tentou matar ex-mulher é condenado a 8 anos no semiaberto

Michel Faustino

O vigilante Wilson Aquino Dias, 36 anos, foi condenado nesta quinta-feira (04) a oito anos de prisão em regime semiaberto pelo crime de tentativa de homicídio. Inconformado com a separação, Wilson tentou matar a ex-esposa Daiane Vieira Alves, 27 anos, em frente ao filho do casal, em julho de 2012, na Rua Peroba, bairro Coophatrabalho, em Campo Grande.

Consta na denúncia que, Wilson estava em sua residência com dois filhos da vítima que ela teve em relacionamento anterior com ele e quando ela foi buscar as crianças, este, sem motivo aparente, teria efetuado golpes de faca contra ela.

O vigilante teria cometido o crime por vingança, haja vista a negativa dela em reatar o relacionamento. Ele também teria utilizado de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, pois Daiane foi pega de surpresa e golpeada no momento em que segurava um dos seus filhos no colo.

Na audiência de julgamento realizada na manhã desta quinta-feira, o Conselho de Sentença, por maioria de votos declarados, condenou o réu pelo crime de tentativa de homicídio qualificado com recurso que dificultou a defesa da vítima.

O juiz em substituição legal na 1ª Vara do Tribunal do Júri, Alexandre Ito, fixou em definitivo a pena-base do réu em 8 anos de reclusão em regime semiaberto. Além disso, Wilson Aquino fica proibido de se aproximar da vítima, devendo manter distância mínima de 300 metros, bem como não manter qualquer contato por meio de terceiro ou qualquer meio de comunicação, sob risco de revogação da liberdade provisória.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions