A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/07/2014 18:21

Vila da Copa bate recorde de público na vitória do Brasil sobre a Colômbia

Ludyney Moura e Zana Zaidan
Vila da Copa bate recorde de público na vitória do Brasil sobre a Colômbia
Entre um lance e outro, Suelen aproveitou para amamentar o filho pequeno, de apenas sete meses. (Foto: Marcelo Victor)Entre um lance e outro, Suelen aproveitou para amamentar o filho pequeno, de apenas sete meses. (Foto: Marcelo Victor)
Mais de 4,5 mil pessoas foram à Vila da Copa para torcer pela nossa seleção. (Foto: Marcelo Victor)Mais de 4,5 mil pessoas foram à Vila da Copa para torcer pela nossa seleção. (Foto: Marcelo Victor)

O jogo difícil entre o Brasil e a seleção colombiana registrou recorde de público na Vila da Copa, nos altos da avenida Afonso Pensa. Estimativas da Polícia Militar (PM) dão conta que hoje pouco mais de 4,5 mil pessoas estiveram no local para torcer pela nossa seleção.

Segundo o Major Cícero Aparecido, responsável pelo policiamento no local, a maior lotação até então havia sido três mil pessoas. “O clima favorável e o tempo agradável colaboraram para o aumento maciço do público”, afirmou o militar. Fogos de artifício e até a bateria de uma escola de samba animaram os presentes, que à exemplo da torcida no estádio, também recebeu os jogadores ao som de "o campeão voltou". 

Para manter a sorte e a tradição, a manicure Suelen Farias, 30 anos, saiu de casa, no bairro Estrela D'Alva, com o filho de sete meses para assistir o jogo ao lado de milhares de rostos desconhecidos. O filha mais velho, de nove anos, e o marido ficaram em casa.

“ Assisti todos os jogos aqui, menos um porque estava frio e não iria poder trazer o filho. Sempre amei a Copa, e quero acompanhar no meio da muvuca. Meu filho não é um problema, se precisar amamentar eu faço isso aqui mesmo”, declarou a torcedora. O pequeno inclusive tirou um bom cochilo depois de alimentado, alheio ao barulho das comemorações.

Fotografo por hobby, o DJ Fabrício Escobar, esteve na Vila da Copa em todos os jogos para registrar os lances mais importantes do jogo e da torcida. “Eu gosto de fotografar gente fantasiada, maquiada, e principalmente ver famílias que vem juntas para cá. Eu coloco as fotos no meu facebook e está fazendo maior sucesso. Estou pensando em fazer um álbum de todos os jogos”, revelou Fabrício.

Já Mário Sérgio Farias, 32 anos, técnico de enfermagem, disse que só foi ao local depois de muita insistência da família. “Sou bem cético. Gosto de analisar as jogadas. O jogo foi muito dramático, e achei que o Brasil não fosse dar conta de segurar. Espero que a gente passe para a final vencendo a Alemanha. E eu gosto de assistir o jogo em casa, sozinho de preferência”, ponderou.

Cerca de 200 homens, da PM, Guarda Municipal, Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Batalhão de Trânsito e seguranças particulares fazem a proteção da Vila da Copa. O lugar permanece aberto até as 19h. “Nós vamos ficar até às 22h aqui. Para garantir a dispersão dos torcedores, e garantir a segurança”, finalizou o major Cícero.

O jogo foi tenso e os torcedores sofreram durante 90 minutos. (Foto: Marcelo Victor)O jogo foi tenso e os torcedores sofreram durante 90 minutos. (Foto: Marcelo Victor)
Cada gol da seleção era bastante comemorado pelos torcedores. (Foto: Marcelo Victor)Cada gol da seleção era bastante comemorado pelos torcedores. (Foto: Marcelo Victor)
A polícia espera que os próximos jogos da seleção também lotem a Vila da Copa. (Foto: Marcelo Victor)A polícia espera que os próximos jogos da seleção também lotem a Vila da Copa. (Foto: Marcelo Victor)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions