A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/07/2014 14:14

Violência segue na Capital: vingança termina em tiroteio e um baleado

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Manchas de sangue em oficina onde vítima de baleamento pediu socorro (Foto: Marcelo Calazans)Manchas de sangue em oficina onde vítima de baleamento pediu socorro (Foto: Marcelo Calazans)

A onda de violência, que teve o maior número de assassinatos dos últimos anos para mês de julho, segue em Campo Grande. Um grupo foi tentar vingar um dos assassinatos ocorridos no fim de semana no Conjunto Mata do Jacinto e iniciaram um tiroteio no Jardim Montevidéu, na saída para Cuiabá. O irmão de um dos jovens mortos foi baleado e encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande.

Segundo testemunhas, um grupo de se reuniu em uma casa na Rua Panonia, no Montevidéu, e jurou vingar a morte de Léo Valdez de Souza, 31, executado no Conjunto Mata do Jacinto na noite de sábado. Ele foi morto por dois homens em um veículo Ford Courier.

No entanto, após o grupo deixar a casa em motocicletas, eles iniciaram um tiroteio na Rua Panonia, no Jardim Montevidéu. Na troca de tiros, um dos homens, que ia vingar o homicídio, foi baleado.

De acordo com a Polícia Militar, o homem ferido é irmão de Adair José Gonçalve Batista, 21, que foi morto na Rua Panonia, na tarde de ontem.

Policiais militares fazem buscas na região em busca dos assassinos dos crimes de domingo. Eles encontram uma motocicleta CG 150, cinza, com placa de Aquidauana, e abandonada. O veículo foi apreendido porque estava com os documentos atrasados.

Jovem de 21 anos baleado por garupa de moto morre na Santa Casa
Baleado ontem (27), Adair José Gonçalves Batista, 21 anos, morreu no fim da tarde enquanto passava por cirurgia na Santa Casa da Capital. O jovem foi...
Homem de 30 anos é esfaqueado e fica em estado grave
Bartolomeu Gomes de Araújo Barbosa, 30 anos, ficou gravemente ferido após ser atingido a golpes de faca no abdômen, na noite de ontem (12), na Rua Bo...
Após documento vazar, Sesau diz que hemogramas não foram suspensos
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou que os hemogramas continuam sendo feitos na rede pública de saúde de Campo Grande. A informação inici...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions