A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

28/01/2013 22:54

Vizinhos fazem mutirão e lixo retirado de casa bloqueia rua

Gabriel Neris e Mariana Lopes
Rua no bairro Santo Amaro foi tomada por lixo retirado de residência (Foto: Luciano Muta)Rua no bairro Santo Amaro foi tomada por lixo retirado de residência (Foto: Luciano Muta)

Moradores da rua Delfim Moreira, no bairro Santo Amaro, em Campo Grande, realizaram mutirão no final de semana para retirar o lixo acumulados em caso. O acúmulo de sujeira foi parar na via.

A casa pertencia a Cristina Otto Antunes, que morreu em agosto do ano passado. Segundo os moradores, a moradora dizia aos vizinhos que juntava material reciclável para vender. A casa pegou fogo e Cristina morreu intoxicada.

A residência ficou abandonada e aberta com as roupas e móveis da mulher queimados. Segundo os vizinhos, há uma briga judicial envolvendo o imóvel. Os vizinhos afirmam que o lixo existe no local há pelo menos cinco anos, quando o pai de Cristina morreu e também afirmava juntar material reciclável para vender.

A rua ficou fechada pelo lixo retirado. Eram pelo menos 10 moradores voluntários para limpar a residência com a autorização do irmão de Cristina. “Não tinha mais condições de continuar do jeito que estava o terreno”, reclama Claudemir de França Araújo, de 35 anos. Ele diz que nesta faxina foram mortos 40 ratos e uma cobra.

“Os bichos estavam invadindo as casas vizinhas”, disse. 

Árvores foram podadas para evitar outros acidentes. “Era muito fedido”, relata. Claudemir conta que a dificuldade não era somente retirar o lixo da casa, mas de andar no terreno e dentro da residência de tanto lixo acumulado no local.

A dona de casa Rosângela Ribeiro, de 43 anos, disse que a maior preocupação eram os focos do mosquito da dengue. “A gente estava morrendo de medo, tinha vasilha acumulando água parada e lixo até dentro de casa”.

A moradora conta que existem muitas crianças brincando na rua e ficou assustada ao se deparar com a quantidade de lixo retirada da casa. “Espero que mantenham a casa limpa do jeito que deixamos para não voltar a ter problema”, esclarece.

Campo Grande vive estado de calamidade pública. A Prefeitura calcula 15 mil notificações de casos de dengue em 2013.

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


Só falta retirar ta feio a coisa lá meu portão esta interditado! moro do lado do posto..saúde.vamos esperar perigo são os incendiários de plantão!
 
Sérgio Lima em 29/01/2013 08:28:58
ainda reclamam? moro no bairro jd paquetá há 20 anos, nunca a prefeitura limpou o lixo que retira das casas, quem quiser paga do seu bolso, aqui é difícil andar tanto de carro quanto à pé, é pedra, buraco, mato pra todo o lado, sem contar nos lotes sujos;.
 
maria do socorro em 29/01/2013 07:41:08
Tudo isso por causa da população. o poder público também tem uma pequena parcela de culpa.
 
Carlos Roberto em 29/01/2013 07:38:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions