A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Junho de 2018

20/07/2009 13:11

Capitão envolvido em jogatina ainda não foi transferido

Redação

Continua detido no Presídio Militar o capitão Paulo Roberto Teixeira Xavier, acusado de ser o braço direito do major Sérgio Roberto Carvalho, "cabeça" de organização criminosa formada para explorar jogos de azar.

O pedido de transferência para o Presídio Federal de Campo Grande foi feito à Justiça Federal pelo juiz da Auditoria Militar, Alexandre Antunes.

Segundo ele, a transferência é necessária por questões de segurança.

Entretanto, ainda não há previsão de decisão sobre a transferência do capitão.

Novas vistorias na cela de Xavier foram feitas, mas nada de irregular foi encontrado.

Na primeira inspeção, foram encontrados três celulares e dinheiro em sua cela.

Xavier, Carvalho, outros dois policiais e mais 16 pessoas são acusados pelo MPE (Ministério Público Estadual) de integrar quadrilha responsável pelo jogo ilegal.

Em operação realizada dia 20 de maio

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions