A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/09/2009 13:30

Casa Cor abre visitação ao público nesta sexta-feira

Redação

Considerada a maior mostra de arquitetura, decoração, design e paisagismo da América Latina, a Casa Cor abre hoje as portas para o público sul-mato-grossense. O evento terá início às 16h, na rua Antônio Oliveira Lima, no bairro Itanhangá Park, em Campo Grande.

O horário para visitação é das 16h às 22h, de terça a domingo, até o dia 26 de outubro. Nos dias 27 e 28 de outubro, todos os móveis e a própria residência onde foram feitos os trabalhos estarão à venda.

O ingresso para conhecer os 62 ambientes da casa, projetados e executados por profissionais do Estado, custa R$ 16,00 por pessoa.

Durante a visitação, a brinquedoteca ficará à disposição do público, para entreter as crianças. Alguns banheiros da residência também estarão em funcionamento.

Mostra - A casa do Itanhangá Park foi decorada por 124 profissionais, entre arquitetos, engenheiros e designers. Cada ambiente foi personalizado, de maneira a garantir conforto e com base no tema nacional da Casa Cor para este ano, 'Sustentabilidade'.

Os ambientes são mistura de estilos. Sala com a simplicidade da artista Conceição dos Bugres faz contraste com ambientes requintados, cheios de cristais e muitas luzes.

Banheira de R$ 70 mil, objetos da Polinésia Francesa, são alguns luxos. Mas também há latinhas recicladas em paredes, madeira barata e ecologicamente correta em varandas cheias de luz natural e vegetação brasileira. Tudo aberto à visitação a partir desta tarde.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions