A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/01/2009 09:41

Casal suspeito de roubos é preso com arsenal e coletes

Redação

Um casal foi preso nesta quinta-feira, em Campo Grande, com várias armas, coletes da Polícia Civil e calças camuflados. Investigadores da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) receberam denúncias que na residência do casal, na Vila Almeida, havia veículos roubados, drogas e armas. A suspeita é que os dois possam ter praticado assaltos ou sejam fornecedores de materiais para que assaltantes se passassem por policiais na abordagem das vítimas.

Joel Pereira da Silva, de 34 anos e Elizângela Gomes de Almeida Ribeiro, de 24 anos, foram presos em flagrante, por porte de várias armas de uso restrito. Elizângela alegou que não sabia da presença das armas em casa, embora seja casada com Joel há 12 anos. Ela já foi levada ao presídio feminino.

A abordagem de Joel ocorreu após duas semanas de investigação. Os policiais levantaram que ele já tinha passagem por homicídio. Ontem quando ele chegava em casa, foi abordado. Na ocasião portava uma pistola calibre .22, em sua cintura, sob as roupas. Na revista do veículo que ele usava foi encontrada, na porta do motorista, uma pistola calibre 9mm e em uma pasta, sobre o banco do passageiro, um revólver calibre .38, niquelado, cano longo. As armas estavam municiadas.

Já na revista da casa foram achados dentro do guarda-roupas do quarto do casal, uma carabina calibre 38, adulterada para calibre 357 magnum, com oito projéteis calibre .357 e um calibre .38. Também havia três coletes cor preta, sendo um deles com a inscrição "polícia civil", um coldre para revólver, calças e gandolas camufladas, uma sacola com munições de calibre diversos e dois rádios walk talk. No total foram encontradas 76 cápsulas intactas de diversos calibres. Os policiais apreenderam o carro que Joel usava, um Gol, que passará por perícia no Instituto de Criminalística.

Joel negou envolvimento de assaltos e disse que gosta de armas, por isso as mantinha em casa. Para justificar a presença dos coletes, disse ser representante comercial de uma empresa fabricante. Segundo ele, as peças faziam parte de um mostruário que estava montando.

O casal foi levado para a Defurv e eles serão encaminhados aos presídios masculino e feminino. A Defurv pede que pessoas que tenham informações sobre um dos dois entrem em contato através dos telefones 3901-1862 ou 3901-1866

Falsos policiais

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions