A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/09/2010 16:20

Chuva e ação rápida extinguem fogo na Serra do Amolar

Redação

Foram controlados os focos de incêndio na Serra do Amolar, no Pantanal, em Corumbá.A rápida ação dos brigadistas do Ibama e do Parque Nacional do Pantanal e o Corpo de Bombeiros foi apontada como um dos motivos para o controle, além da chuva que cai também na região.

A informação é da coordenação da operação foi dada ao IHP (Instituto Homem Pantaneiro), gestor de uma das reservas naturais atingidas, a RPPN Engenheiro Eliezer Batista, do grupo EBX.

A extinção dos focos contou ainda com a chuva que caiu na região durante toda a noite de segunda-feira e madrugada de terça. Ontem, 29, a equipe de combate, formada por 23 brigadistas, sete voluntários e quatro bombeiros de Corumbá, localizou e apagou dois focos na borda da morraria. O grupo fará monitoramento da área até este sábado e uma nova equipe do Prevfogo assumirá o rescaldo na segunda-feira.

O incêndio foi detectado no domingo à noite. Um dos focos surgiu a cerca de 500 metros da sede da RPPN Eliezer Batista, na fazenda Novos Dourados. Foi montada uma força-tarefa para apagar o fogo, deslocando o pessoal de apoio de avião e barco para a área, distante 190 km pelo Rio Paraguai de Corumbá. Os focos atingiram ainda as reservas naturais Penha e Acurizal, da Ecotrópica.

A RPPN Engenheiro Eliezer Batista é de propriedade, desde 2006, da EBX, que apoia o Instituto Homem Pantaneiro na manutenção e gestão da área. A parceria possibilitou a instalação de uma base e compra de equipamentos de combate a incêndios, como mangueiras, bombas flutuantes e abafadores. A população ribeirinha local também recebeu treinamento para atuação em episódios semelhantes.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions