A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

06/07/2010 16:50

Chuvas de junho ficaram 50% abaixo do mínimo esperado

Redação

O mês de junho foi um dos mais secos nos últimos, de acordo com boletim emitido nesta terça-feira pelo Inmet (Instituto Nacional de Metereologia). A quantidade de chuvas ficou muito abaixo do considerado normal, o que favorece as doenças respiratórias e o aparecimento de focos de queimada.

Em todo o mês de junho na Capital, choveu apenas 8,6 milímetros, sendo que a chuva do dia 5 de junho representou 97% do total do mês. A faixa de normalidade de chuvas para Campo Grande oscila entre 17,2 e 55,3 milímetros. Em cidades como Corumbá, onde a faixa de precipitação fica entre 5,2 e 24,4 milímetros, as chuvas registradas somaram apenas 2,7 milímetros em todo o mês de junho.

A umidade relativa do ar ficou em baixa na maioria dos municípios. Em Cassilândia e Chapadão do Sul, no dia 19 de junho, o nível da umidade chegou aos 15%, abaixo do recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Na cidade de Paranaíba, nos dias 19 e 20, e em Campo Grande, no último dia 24, a umidade relativa registrada chegou a 23%.

Temperaturas

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions