A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/11/2008 21:32

Cidadão reclama e MP acaba com desordem pública em Coxim

Redação

Em virtude de uma reclamação de um cidadão de Coxim, a 266 quilômetros de Campo Grande, o Ministério Público Estadual (MPE), começou a investigar se as empresas locais estavam cumprindo o Código de Posturas Municipal, que preserva a livre circulação de pedestres nas calçadas e áreas públicas, além de verificar se a propaganda sonora divulgada por veículos de som ou lojas estava de acordo com a legislação vigente.

Após constatar irregularidades por parte de algumas empresas, o Ministério Público tentou celebrar com elas um termo de ajustamento de conduta. Como o acordo não avançava, o órgão resolveu o entrar com ação civil pública, não se limitando apenas às empresas que não respeitavam a lei, mas também ao município, de quem é a responsabilidade de fiscalizar o cumprimento das normas de posturas e as normas ambientais da cidade.

O processo tramitou na 2ª Vara de Coxim e a partir daí foi celebrado um acordo em audiência judicial, entre o município e as empresas, respeitando o interesse dos cidadãos.

Pelo acordo, serão fiscalizadas as exposições de mercadorias nas calçadas das lojas, regulamentada a chamada zona de ruído sensível, área em que haverá maior rigidez quanto ao volume de som, tais como hospitais, escolas, creches, entre outras condutas que estavam sendo descumpridas.

O município ainda terá de deixar à disposição do MPE o telefone de contato e escala de plantão dos fiscais do município, para que sejam acionados em caso de ofensa às leis.

Já as empresas também assumiram que irão honrar os termos do acordo, não ocupando indevidamente o passeio público e respeitando os horários permitidos para o volume de som.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions