A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/06/2009 17:57

CIMI diz que índio atropelado sábado foi morto a tiros

Redação

O índio Guarani-Kaiowá Oswaldo Pereira Lopes, de 24 anos, encontrado morto na rodovia MS-289 na manhã de sábado, foi assassinado. A ocorrência chegou a ser registrada como acidente pela PRE (Polícia Rodoviária Estadual).

No entanto, segundo o CIMI (Conselho Indiginista Missionário), ele foi assassinado. Sua mãe, Leila Pereira, contou à entidade que seu filho tinha marcas de tiros abaixo da costela e na cabeça. Também apresentava ferimentos de faca.

O órgão ainda ressaltou que não existem marcas de freadas, vidros quebrados ou outros sinais de colisão no local em que o corpo foi encontrado. Os índios pediram a presença da Polícia Federal na região, mas os policiais não compareceram sábado e o corpo acabou sendo liberado para a funerária local.

Pereira era casado e tinha um filho recém-nascido. Ele residia no acampamento Kurusu Ambá, no município de Coronel Sapucaia, a 394 quilômetros de Campo Grande.

"Já são três as lideranças assassinadas, seis feridos, quatro presos. Estão à beira da estrada sob constantes ameaças, com tiros sendo disparados na direção do acampamento frequentemente", ressaltou o CIMI.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions