A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/01/2012 16:02

CMO divulga nota sobre prisão de mototaxista pelo Exército em Bela Vista

Edmir Conceição

O CMO (Comando Militar do Oeste) também divulgou nota sobre a prisão de mototaxista em barreira da Iagro, em Bela Vista. Na primeira versão, da OAB-MS, Marcos Cesar Caimar Dias teria sido preso ilegalmente, por estar pilotando moto apenas de chinelos. A OAB distribuiu nota alegando que a detenção não tinha sido comunicada a autoridade judiciária e por isso violava o estado de direito democrático.

Ontem, logo após divulgação da informação pela Seccional da Ordem dos Advogados, a Seção de Comunicação Social do 10º Regimento de Cavalaria Mecanizada informou que a prisão ocorrera por desacato e ameaça, após abordagem e constatação de irregularidades. Nesta quinta-feira de manhã foi emitida nota pela Seção de Comunicação Social esclarecendo as circunstâncias em que o mototaxista Marcos Cesar Caimar Dias foi detido e levado preso ao quartel da instituição militar. O mototaxista foi liberado ontem á tarde, por ordem da Justiça Militar..

Na Nota do CMO, o comandante militar do Oeste, general João Francisco Ferreira, lembra que “as cópias do auto de prisão em flagrante delito em nenhum momento foram solicitadas formalmente para pelo advogado do Sr. Marcos Cesar”, confirmando que “no dia 11 de janeiro, às 18h00, mediante alvará de soltura, lhe foi concedida a liberdade provisória pela Justiça Militar da União”.

Íntegra – É a seguir a íntegra da Nota do CMO:

O Comando Militar do Oeste vem, por meio desta, esclarecer fatos referentes à matéria veiculada na imprensa sobre a prisão do mototaxista Marcos Cesar Caimar Dias:

O CMO informa que, no dia 8 de janeiro, por volta das 19h30, o Sr Marcos Cesar Caimar Dias foi parado pelo oficial do Exército responsável pelo dispositivo militar no posto da Receita Federal em Bela Vista (MS), por ocasião da operação Boiadeiro 2012. Foi solicitada a documentação do mototaxista e da motocicleta. O mesmo demonstrou irritação pela abordagem, momento em que a patrulha da polícia militar, que se encontrava no local, foi acionada.

Ao verificar a documentação da moto, os policiais constataram que o motociclista, além de não portar a documentação do veículo, estava de pés descalços, contrariando a legislação de trânsito. Por essa razão, o mototaxista foi autuado e passou a ofender os militares do Exército com palavras de baixo calão, ameaçando-os inclusive de morte.

Diante da situação foi dada voz de prisão ao Sr Marcos Cesar Caimar Dias e lavrado o auto de prisão em flagrante por desacato e ameaça à militar em função militar, penalidades previstas no código penal militar. O Sr Marcos foi conduzido às dependências da organização militar do 10º Regimento de Cavalaria Mecanizado, a fim de aguardar a manifestação da Justiça Militar. Após o auto de prisão em flagrante, o fato foi comunicado à 9ª Circunscrição de Justiça Militar e ao Ministério Público Militar para as devidas providências.

Maiores esclarecimentos serão prestados pela Seção de Comunicação Social do Comando Militar do Oeste, por meio dos telefones (67) 3368-4019 e 3368-4021 ou pelo e-mail e5cmo@yahoo.com.br.

Campo Grande, 12 de janeiro de 2012.

Gen Ex JOÃO FRANCISCO FERREIRA

Comandante Militar do Oeste

Mototaxista foi preso em barreira da aftosa por ameaça, esclarece Exército
Nota emitida pela Seção de Comunicação Social do 10º Regimento de Cavalaria Mecanizada, em Bela Vista, esclareceu as circunstâncias em que o mototaxi...
Exército libera mototaxista preso em quartel de Bela Vista
Está em liberdade o motaxista Marcos César Caimar Dias, de 30 anos, que desde o último domingo (8) estava preso no quartel do Exército em Bela Vista....
OAB tenta libertar mototaxista preso dentro de quartel do Exército
Civil foi levado para o 10º Regimento de Cavalaria em Bela Vista depois de ser detido em barreira da IagroA prisão de um mototaxista em Bela Vista, ...
Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...


PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!! PARABÉNS AO EXÉRCITO!!!!!
 
Roberto Martinni em 13/01/2012 12:25:41
Tem horas que a OAB e Direitos Humanos se tornam totalmente esquerdistas, não me admira tomar peito quando militares estão envolvidos se eles estão cumprindo uma ordem legal de fiscalização é dever deles salve-guardar todos inclusive o Sr.Marcos que além de desobedecer normas de transito pensou que Exercito é esculacho a maioria pensa Infelizmente quem um dia esteve na Instituição sabe o valor..
 
Leandro luzio em 13/01/2012 09:18:59
Ta tudo errado...Exercito não e preparado para agir como POLICIA é para guerra....Ja que eles do EB querem dar uma de policia então para o bem do povo que paga o salario deles Militares do EB que eles então façam na cidade de todo MS o serviço de Polcia..ai sim vão ser uteis a nós povo. Outra quem pode fazer auto de prisão em fraglante é somente a autoridade policial no caso delegado de policia.
 
Arlindo Coronel em 12/01/2012 11:17:53
leva ele p sua casa benedito!!!
 
pedro mattos em 12/01/2012 08:25:43
Apartir do momento que as tropas passam a ir para linha de frente se acabam os padrinhos e o deixa disso,sabe com quem tá falando,militar em serviço não pode ser desacatado como estão muitos a isso acostumados e não da nada,e para quem não sabe lei é lei desrrespeitou assume as responsabilidades.E quem fica querendo saber se pode ou não pode que vá cuidar das fronteiras,não fique criticando.
 
luiz carlos em 12/01/2012 08:21:34
Se ficou no 'calabouço' do EB, está erradíssimo, pois se trata de um civil.E quem o liberou?? O correto seria encaminhá-lo até a delegacia, e realizar o flagrante de desacato (tco).
 
benedito ferreira da silva em 12/01/2012 07:57:39
O CARA ESTA CONTRANDIANO COMBUSTIVEL E AINDA DIRIGINDO SEM DOCIMENTOS DE CHINELOS E MALTRANTANDO OS MILITARES QUE ESTÃO TRABALHANDO CUMPRINDO ORDENS SUPERIORES, E AINDA TE ADVOGADO QUE QUER DEFENDER UM HOMENS DESTE COLOCANDO A OAB NO MEIO DESTA PALHAÇADA SENDO UMA INSTITUIÇÃO SERIA O MILITAR ESTA MAIS DO CERTO NÃO RESPEITOU AUTORIDADE CADEIA NELE,
 
ANTONIO FRANCISCO DE ARAUJO em 12/01/2012 06:38:10
Não estou entendendo esse oba-oba em torno do assunto, com se tivesse ocorrido um fato de extrema gravidade. Vejo que muitas pessoas ignoram os art. 329, 330 e 331 do Código Penal. Tem gente que pensa, realmente, que Funcionário Público em serviço, seja ele civil ou militar, está ali para ser desacatado, desobedecido e ameaçado sem poder fazer nada, à mercê de qualquer baderneiro metido à valente.
 
Adriano Roberto dos Santos em 12/01/2012 05:38:21
O que me deixa curioso é que se vc xingar ou ameaçar um policial ou qualquer autoridade voce vai preso na hora em flagrante.
Se o cara foi xingar e ameaçar os caras do exercito não entendo porque todo mundo, inclusive a OAB, ficou espantado em ver este cara preso!
Desacato e ameaça é mais velho que andar pra frente.
 
Wantuir Souza em 12/01/2012 04:59:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions