A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/01/2012 15:13

OAB tenta libertar mototaxista preso dentro de quartel do Exército

Edmir Conceição

Civil foi levado para o 10º Regimento de Cavalaria em Bela Vista depois de ser detido em barreira da Iagro

A prisão de um mototaxista em Bela Vista, no Sudoeste do Estado, está gerando indignação. Segundo a Seccional da OAB-MS, a prisão, que não foi informada a nenhuma autoridade do Poder Judiciário, foi realizada pelo Exército de 'forma arbitrária e envolvida em circunstâncias que violam o estado de direito'.

A Ordem foi procurada hoje por advogado do civil preso dentro do 10º Regimento de Cavalaria ‘Antonio João’. "Vamos cobrar providências, este tipo de prisão vai contra o Estado de Direito", diz o presidente da OAB-MS, Leonardo Avelino Duarte.

O advogado do caso, Jorge de Souza Marreco, disse que o cliente dele, Marcos César Caimar Dias, 30 anos, está preso desde domingo. “É totalmente contra a lei, um civil ficar preso dentro de um quartel sem qualquer tipo de justificativa”, diz, indignado com o 'abuso de poder' dos militares do Exército destacados na fiscalização sanitária.

De acordo com o advogado, o caso teve início quando o mototaxista teria atravessado a fronteira para abastecer a sua moto no Paraguai. Ao retornar para Bela Vista foi parado na fiscalização que está sendo feita pela Iagro com a ajuda do Exército para monitorar a entrada e saída de animais por causa dos focos de febre aftosa no país vizinho.

“Um sargento do Exército chamou a polícia militar para autuar meu cliente porque ele estava pilotando a moto de chinelo. A PM foi, fez a autuação e disse que meu cliente poderia ir embora. Só que o sargento não quis liberá-lo, houve uma discussão e ele levou meu cliente preso para o quartel de Bela Vista alegando crimes de desacato e ameaça”, relatou o advogado.

Marcos César Caimar Dias está preso desde domingo e nem o juiz da comarca local, nem a polícia civil teriam sido informados sobre a prisão. Um pedido de habeas corpus foi encaminhado direto para o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul solicitando a soltura imediata do mototaxista.

Outro lado - O Campo Grande News entrou em contato com a 5ª Seção do 10º Regimento de Cavalaria em Bela Vista, mas o setor não dispunha de 'informações com exatidão' sobre o ocorrido e revelou que ainda hoje o Regimento esclareceria a situação por meio de outra Seção. O Oficial de Relações Públicas, Tenente Renato Martins, estava de férias e retornou ontem às atividades.

Governo altera datas de teste físico de concurso da Polícia Civil
Foram alteradas as datas para realização da avaliação de aptidão física dos candidatos que continuam a participar do conurso público para escrivão e ...
Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...


vcs achao q e asim facil ficar o dia inteiro so vendo caminhao passar e outras pessoas enchendo o nosso saco nao e facil nao ein
ainda porcima agente nao somos treinados para cuidar de caminhao de boi nos somos treinados para defender o nosso pais
Eu estava la na hora q foi atuado o fato na hora da ordem de prisao domotaxista ele nao respeito agente fez um desacado e ainda porcima ele e meu amigo
 
rick wesley em 31/05/2012 06:47:02
1º- É muita ignorancia apoiar qualquer tipo de arbitrariedade. 2º-Se o mototaxista é "mala", ou nao, ainda assim tem seus direitos assegurados pela constituição brasileira. 3º- O sargento é funcionario publico e pode tomar providencias a eventual desacato por ele sofrido, entretanto só há um lugar onde se encaminha pessoas detidas e nao julgadas pela justiça e esse lugar se chama DELEGACIA!
 
Alexandre S. da Silva em 11/01/2012 09:39:00
Novamente vem essa ameaça ao bom senso da tal OAB, que sistematicamente vem causando prejuizos a sociedade civilizada. No entender dessa tristemente celere entidade tudo é permitido, até mesmo afrontar a lei e a ordem. Sorrateiramente e na calada os advogados tem privilegios que somente é facultado a autoridades , e nao podem ser presos, não podem ser revistados, enfim são intocáveis,.....
 
horlando p. de mattos em 11/01/2012 07:35:53
o exercito, na regiao de fronteira tem poder de policia. Desacato a funcionario publico ainda é crime. Melhor averiguar antes de nao haver prejuizos a ambas as partes.
 
bruno otavio em 11/01/2012 07:04:17
Na verdade, tem que apurar o fato. Conheço bem aquela região de Bela Vista, lá é conhecido como terra sem lei, normalmente os jovens com cultura fixada somente no campo, acham que podem "tudo" quando estão na cidade. E por se tratar de uma cidade de fronteira a maioria da população não sabe o que é ordem pública e estado de direito.
 
Marcelo Lopes em 11/01/2012 06:54:52
Não sabemos bem o que aconteceu, mas uma coisa temos que aprender: Respeitar as autoridades. Não se pode de forma alguma desrespeitar quem quer que seja, se está em situação de poder, tem que ser respeitado. Isso vale pra todas as situações, o respeito em primeiro lugar. Já dizia os nossos avós: O respeito é bom e conserva os dentes. Neste caso conservar a liberdade. Vamos reflitir melhor.
 
Almir Batista Alves em 11/01/2012 06:14:54
Gente, Exercito Marinha e Aeronautica cuida da defesa Nacional, não de febre aftosa, este pessoal não é preparado para cuidar de pessoas, para isto esta a Polícia Federal, Civil e Militar estes sim estão preparado para para Defesa interna territorial, é simples faz investimentos nas forças auxuliares que o recado será dado, isto é invasão de responsabilidades.
 
João de Souza em 11/01/2012 06:05:22
Nao estamos vivendo na ditadura, e sim na democracia, acabou aquele maldito tempo...
 
MARCOS LINO SILVA em 11/01/2012 05:25:09
Ora, ora, ora estamos voltando para a época da ditadura???? que absurdo!!!!
 
Andrea Chaves em 11/01/2012 05:20:30
Qual era a missão específica do Exército no momento da prisão? (arbitrária por sinal). O que tem a ver o Exército com infração de trânsito? O 10º Regimento de Cavalaria é delegacia? É cadeia? Porque não foi comunicado à Autoridade competente a prisão e o que motivou? Acredito que se for feita uma investigação mais profunda, chegarão a uma resposta simples: Problemas pessoais entre os dois.
 
José Fernandes em 11/01/2012 05:06:01
Fácil resolver. Levar o ocorrido ao Comando Geral de Campo Grande e este sargento irá responder a um belo Inquerito POlicial Militar, e depois o prejudicado entrar com ação de danos morais contra União, vai demorar para receber vai, mas ao final ganha
 
Carlos Alberto em 11/01/2012 04:53:24
Esses mototaxista são mala, se foi preso é porque apronto alguma, eles se acham o cara, não sei porque, depois ficam se fazendo de coitadinho.
 
mauricio caniato em 11/01/2012 04:49:22
Estamos de volta com o autoritarismo.
São os militares querendo novamente tomar o poder. Hoje foi um mototaxista e amanhã, quem será? Até que ponto e em quais situações o Exército Brasileiro tem poder de polícia?
 
Carlos Alberto Oliveira em 11/01/2012 04:42:28
Fala sério hein... que situação mal explicada.
 
Ana Cristina Ferreira em 11/01/2012 04:25:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions