A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

22/02/2010 14:33

CNJ quer que delegacias deixem de ser penitenciárias

Redação

Em todo o país, 55 mil presos estão em delegacias, o que representa 12% da população carcerária. Muitas das celas nesses locais não têm estrutura adequada e, por causa disso, o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) quer pôr fim a todas as carceragens mantidas em delegacias.

A erradicação faz parte da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança e Pública, lançada hoje por governo federal, MPF (Ministério Público Federal) e CNJ.

O sistema carcerário é composto por celas improvisadas e superlotadas, e em péssimas condições de insalubridade", afirmou o juiz auxiliar do conselho, Erivaldo Ribeiro dos Santos, em entrevista à Agência Brasil.

Para o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, o esvaziamento das carceragens permitirá que mais policiais civis trabalhem nas investigações.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions