A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

02/05/2012 09:45

Comando da UFMS e de orçamento de R$ 390 mi é disputado por reitora e professor

Aline dos Santos

A eleição será realizada das 8h às 21h do dia 19 de junho

Duas chapas vão disputar eleição para reitor. (Foto: Minamar Júnior)Duas chapas vão disputar eleição para reitor. (Foto: Minamar Júnior)

Duas chapas concorrem à eleição para reitor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). O Colégio Eleitoral recebeu as inscrições da chapa da atual reitora Célia Maria Silva Correa Oliveira, com João Ricardo Filgueiras Tognin para vice-reitor.

Na oposição, está a chapa “UFMS para todos”, com Antônio Carlos do Nascimento Osório para reitor e Teodorico Alves Sobrinho para vice. Osório já enfrentou Célia na última eleição, realizada em 2008. Historicamente, o processo mais concorrido foi em 1988, quando foram inscritas seis chapas.

De acordo com o presidente do Colégio Eleitoral, Paulo Ricardo da Silva Rosa, foi aberto o período para pedidos de impugnação. Amanhã, as chapas deverão ser homologadas.

Para o DCE (Diretório Central dos Estudantes), havia o temor que somente a chapa da reitora se inscrevesse. A UFMS tem números invejáveis: orçamento anual de R$ 393 milhões, unidades em 11 cidades e um universo de 15 mil votantes.

Em 2012, uma novidade será o voto dos 1.050 alunos da EAD (Educação à Distância). Os estudantes vão receber a cédula e o envelope para encaminhar o voto pelos Correios, sem custo. A eleição será realizada das 8h às 21h do dia 19 de junho.

O resultado deve sair no dia seguinte, contudo, a homologação da lista tríplice, que reúne os três nomes mais votados, será no dia 27 de junho. O documento é remetido ao MEC (Ministério da Educação), que nomeia o reitor.

No processo de consulta à comunidade, será permitida a distribuição de panfletos, divulgação em faixas e entrevistas.Contudo, foi vetada a divulgação de publicidade paga nos meios de comunicação.

Estão agendados debates em Ponta Porã, Corumbá, Três Lagoas, Paranaíba, Campo Grande e Coxim. Na UFMS, o voto do corpo docente vale 70%, enquanto dos alunos e técnicos tem peso de 15% cada.

Em 2008, foram realizadas nada menos do que três eleições e a reitoria foi ocupada por uma multidão de alunos durante protesto por transparência.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions