A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Abril de 2018

24/11/2017 13:14

Concessionária informa dez trechos com interdição na BR-163

Desvios e operação pare-e-siga ocorrem por obras na pista

Kleber Clajus
Trecho em obras na BR 163 em Mato Grosso do Sul. (Foto: Marcos Ermínio)Trecho em obras na BR 163 em Mato Grosso do Sul. (Foto: Marcos Ermínio)

Motoristas enfrentam, nesta sexta-feira (24), desvios por obras de melhoria do pavimento da BR-163. Ao menos dez pontos, conforme a concessionária CCRMSVia, estarão sinalizados.

Desvios e operações pare-e-siga exigem maior atenção dos condutores nos trechos entre os municípios de Campo Grande, Caarapó, Dourados, Jaraguari, Juti, Naviraí, São Gabriel do Oeste, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso e Sonora. 

O SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário) recomenda se reduzir a velocidade quando visualizada a sinalização. Em caso de chuva, os trabalhos devem ser suspensos.

Condições de tráfego na rodovia podem ser consultadas pelo site da concessionária ou gratuitamente pelo telefone Disque CCR MSVia 0800 648 0163, inclusive de celulares.


Pontos com desvios de tráfego:

São Gabriel do Oeste – entre os kms 631 e 630;

Campo Grande – entre os kms 433 e 431;

Dourados – entre os kms 266 e 262;

Juti/Naviraí – entre os kms 171 e 131;

 

Pontos com pare-e-siga:

Sonora – entre os kms 838 e 836;

Rio Verde de Mato Grosso – entre os kms 657 e 655;

Jaraguari – entre os kms 508 e 507;

Campo Grande – entre os kms 422 e 420;

Rio Brilhante – entre os kms 337 e 336;

Caarapó – no km 217.



Campo Grande News, onde nós podemos ver os comentários??????
 
Vandro Pinto em 24/11/2017 17:58:41
É a única coisa que essa empresa que nos cobra o pedágio sabe informar . Interdições e mais interdições nas rodovias pedagiadas (e muito caro por sinal). Acerca da duplicação das nossas rodovias, não tem nenhuma máquina nas estradas fazendo esse trabalho desde o mes de abril/2017. Até quando vamos aguentar essa afronta. Nós os usuários,cidadãos que só temos o direito de pagar e pagar esses pedágios vamos temos que utilizar essas estradas em péssimo estado para quem paga caro para utilizar. Muitos trechos de Dourados até Mundo Novo (em torno de 240 kms) não tem nem acostamento. Isso não é legal, não é justo. Autoridades que nos defendem, cadê vocês ???????
 
Vandro Pinto em 24/11/2017 17:57:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions