A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

14/09/2018 10:58

Confirmações de chikungunya em MS sobem 145%, diz boletim

De janeiro até agora, Mato Grosso do Sul confirmou 172 casos da febre

Danielle Valentim
Dor intensa nas articulações de início agudo, acompanhada ou não de inchaço são alguns dos sintomas. (Foto: Reprodução/Internet)Dor intensa nas articulações de início agudo, acompanhada ou não de inchaço são alguns dos sintomas. (Foto: Reprodução/Internet)

O boletim epidemiológico semanal da SES (Secretária Estadual de Saúde), divulgado na quarta-feira (12), aponta que de janeiro até agora, Mato Grosso do Sul confirmou 172 casos de febre chikungunya. O número de resultados positivos é 145% maior, que o mesmo período em 2017, quando 70 casos haviam sido confirmados.

A reportagem do Campo Grande News comparou o levantamento de casos de dengue da 36ª semana de 2018, com o mesmo período de 2017.

A notificação - Para se tornar um caso suspeito, o paciente tem de apresentar febre de início súbito maior que 38,5°C e dor intensa nas articulações de início agudo, acompanhada ou não de inchaço.

Além disso, outro ponto avaliado é se o paciente é reside ou visitou áreas onde estejam ocorrendo casos suspeitos até duas semanas antes do início dos sintomas ou que tenha vínculo com algum caso confirmado.

Veja a tabela de comparação:

(Foto: Reprodução)(Foto: Reprodução)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions