A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/05/2008 17:10

Conselho identifica endereço dos pais de menina agredida

Redação

O endereço da família da menina de 12 anos vítima de agressões em Ponta Porã, distante 334 quilômetros de Campo Grande, foi localizado nesta quinta-feira pelo conselho tutelar. Os pais moram em um vilarejo de Concepción (Paraguai) para onde os conselheiros tutelares devem partir após autorização do MPE (Ministério Público Estadual).

De acordo com o conselho, o ex-marido de Káthia Elizabeth Cristaldo, a agressora, foi quem forneceu o endereço. Ele será ouvido na sexta-feira, 16, pela manhã pelo delegado Mário Donizete, que está cuidando do caso.

Nesta quinta, o delegado ouviu uma vizinha de Káthia. Ela relatou que ouvia a menina chorando todos os dias porque apanhava, nunca saía de casa e, ainda, era explorada nos afazeres domésticos, como lavar e passar roupa.

A paraguaia Káthia Elizabeth está presa sob a acusação de tortura e cárcere privado da garota, que seria a filha de criação dela. A menina confirmou as agressões, socos, golpes de rodo e até facadas. O caso foi denunciado por vizinhos ao Conselho Tutelar.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions