A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/12/2012 16:31

Contra problemas, estudantes serão separados por idade nas escolas

Nícholas Vasconcelos
Alunos serão separadas por idade, desempenho e frequência. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)Alunos serão separadas por idade, desempenho e frequência. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

A partir de 2013 alunos das escolas estaduais serão reordenados conforme idade, nível de desempenho nas avaliações e turnos. Conforme a Secretaria de Estado de Educação, a medida cumpre uma recomendação do MPE (Ministério Público Estadual) e tem o objetivo de diminuir a incidência de problemas como assédio, bullying entre alunos mais velhos e mais novos e até melhorar a alimentação dos alunos.

Conforme a Secretaria, a medida está prevista na Lei Estadual nº2787 de 2003, que definiu que cabe ao órgão planejar, coordenar, executar, supervisionar a educação o sistema estadual de ensino.

Para a Secretaria, a medida vai permitir um planejamento pedagógico e administrativo mais direto já que os anos escolares estarão nos mesmos turnos; além do planejamento em conjunto e garantia da segurança dos alunos.

Entre os fatores de classificação dos alunos estão a matrícula de 2012, a frequência dos alunos nos 1º, 2º e 3º bimestres deste ano, a disponibilidade de salas de aula e desempenho das escolas nas avaliações realizadas pela Secretaria.

Ainda conforme o Governo do Estado, o reordenamento vai contribuir para melhorar a qualidade da merenda, a mudança dos hábitos alimentares dos alunos e o trabalho das merendeiras.

 

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


Crianças com crianças,( 6 a 9 anos)... os de 5 não pedem ficar juntos no recreio com crianças de 9 ou 10 anos... os maiores sempre se acham no poder de mandar nos mais novos... cuidados sempre... criança eterno ser. Recreio vistoriado sempre...
 
Célia Campos em 06/12/2012 09:58:02
É brincadeira a SED não ter feito isso ainda e só agora, após recomendação do MPE, os alunos serão separados por idade...com certeza se essa distinção já fosse implementada pela SED a mais tempo os problemas seriam menores. É BRINCADEIRA!!!
 
Marcelo Mendes em 06/12/2012 09:38:00
SERA ÓTIMA ESSA SEPARAÇÃO TANTO PARA ESTUDANTES QUANTO PARA O CONCEITO DAS ESCOLAS ESTADUAIS NO PERÍODO DIURNO QUE TEM FICADO DEFASADA NOS ÚLTIMOS TEMPOS , EDUCAÇÃO É ISSO É ADEQUÁ-LA PARA O
BEM DE TODOS.........
 
ADRIANA MEAURIO em 06/12/2012 09:14:40
Excelente medida, embora saibamos que haverão resistencias, nós pais contamos com a dedicação dos envolvidos na implantação desta. E que nosso prefeito eleito reconheça os benefícios, e traga para as escolas municipais.
 
Terezinha Martins em 06/12/2012 09:02:30
Para quem tem filho pequeno que é o meu caso, a notícia é excelente. Existem pessoas que só sabem falar dos pontos negativos do governador, mas o que mudou e melhorou Campo Grande e o estado, disso ninguém lembra. Tá aí mais uma obra do governo estadual.
 
Edinalva Garcia em 06/12/2012 08:58:11
Bom dia.
Tudo aquilo que vem a contribuir de alguma maneira é bom para todos, porém presumo eu, na minha santa ignorância no assunto que esta medida deveria ser acompanhada por especialistas da área pedagógica e da psicologia, avaliando os resultados de acordo com as metas.
Pois devemos também olhar por outro prisma como o excesso de proteção.......pois na minha época de escola durante o convívio do recreio ou intervalo haviam inspetores de alunos, havia o respeito entre os alunos e estes profissionais, acho que isto também vem de casa.......pois não devemos transferir a responsabilidade de educar somente pra os profissionais da educação.
Todavia esta medida é positiva, mostra a preocupação com a educação e certamente deve ter passado por planejamento, metas, formas de avaliar e analisar os resultados, e sobre tudo propor alterações planejadas de acordo com as metas e resultados obtidos.
Parabéns pela iniciativa.

 
João M. dos Santos em 06/12/2012 08:25:55
Que notícia boa! aproveitando a deixa, quero aqui elogiar o desempenho da escola onde meu filho estuda, Prof. Henrique Cyrilo e a todos que colaboram para que(na minha opinião) é a melhor escola estadual de Campo Grande! Se ja era boa, agora com essa nova medida, vai ficar ainda melhor!!! Parabéns à todos da equipe que compõe o quadro da escola e que contribuem para uma melhor educação!
 
Malu Ferreira em 06/12/2012 07:57:20
vai ser muito bom mesmo que vai separar quem so quer brincar, dos que querem estudar..........Espero que coloque em pratica que as escolas estaduais precisa urgentemente dessa separação de organização.......APROVO E REAPROVO TAMBÉM vai ser muito bom.........
 
maria cristina em 06/12/2012 07:50:08
Isto ja esta sendo feito a anos na maioria das escolas, sempre foi montado turmas do mesmo ano por idade. Mas tem escolas que tem apenas uma turma do mesmo ano, e ai não tem outro jeito, tem que ficar todos na mesma sala, a Secretaria de educação sabe disso, esta promessa não vai ser cumprida em muitas escolas, mesmo pq existe muitos casos de matriculas com mandato judicial, sendo obrigado ser cuprido.
 
Mirtes Lourenço Camilo em 05/12/2012 21:24:03
Muito bom, se tivesse sido feito há muito tempo não teríamos o caos na educação como vivenciamos hoje!
 
Gustavo Ribeiro em 05/12/2012 20:44:43
Que maravilha! Espero que isso seja feito sim, o Joaquim Murtinho é um exemplo desse problema, meu sobrinho foi tirado de lá por causa de amizades e influencia de rapazes e moças maiores, ele tem 14 anos mas alunos de 20, 24 frequentam a escola livremente. Eu mesmo já entrei lá fui até as salas de aula e nunca fui sequer interrogada por algum funcionário. Claro fui buscar um documento, mas, assim como eu entrei sem problemas qualquer mal intencionado entra também! E que a segurança nas escolas seja reforçada!
 
Anna Gonçalves em 05/12/2012 20:17:37
Que bom essa separação. Pois quem realmente vai à escola para estudar tem o DIREITO de se sentir seguro em seu ambiente. Mas, ainda temos que aceitar nas escolas alunos com mandatos judiciais, em nome da boa "Educação para Todos". Não é discriminando, mas questionando sobre quando terá DIREITO quem anda DIREITO.
 
REGINALDO PORTANTE em 05/12/2012 20:13:31
tudo que venha melhora na educação de nossos filhos é sempre bem vindo, tá na hora de dar uma atenção especial para a EDUCAÇÃO APROVO E REAPROVO.
 
rose matos em 05/12/2012 17:44:36
que notícia boa,as escolas públicas precisam urgentemente de atenção e medidas como esta,se realmente,for colocadas em prática,vai melhorar e muito a qualidade do
ensino e tambêm do aprendizado,vamos aguardar e conferir!.
 
Cleusa Rodrigues. em 05/12/2012 17:28:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions