A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/11/2010 09:51

Corumbá continua infestada e em alerta quanto à dengue

Redação

O índice de infestação do mosquito transmissor da dengue em Corumbá continua alto e o município permanece em alerta, a exemplo de 2009, conforme dados parciais do LIRA 2010 (Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes Aegypti).

Ao todo, 15 municípios estão em risco de surto da doença no Brasil, incluindo duas capitais. Isso significa que, nessas cidades, mais de 3,9% dos imóveis pesquisados apresentam larvas do Aedes Aegypti.

Outros 123 municípios, dos quais 11 capitais, estão em situação de alerta, como Corumbá. Neles, entre 1% e 3,9% dos imóveis analisados registram infestação. Pelo levantamento, 162 cidades apresentam índice satisfatório, abaixo de 1%.

Os dados foram apresentados ontem pelo ministro José Gomes Temporão, da Saúde.

Em Mato Grosso do Sul, 20 municípios participam do LIRA 2010. Até o momento, 19 deles continuam trabalhando na consolidação das informações.

Conforme as informações preliminares, Corumbá vai precisar intensificar as ações para evitar casos graves e mortes pela doença.

No ano passado, o índice de infestação do mosquito transmissor da dengue chegou até a 2,4% em alguns bairros de Corumbá.

Segundo o Centro de Controle de Zooneses, o percentual chegou a 2,4% nos bairros Beira Rio, Cervejaria, Dom Bosco, Generoso, Arthur Marinho, Aeroporto, Tiradentes, Fátima, Nossa Senhora de Fátima e Popular Nova. Também houve registro de 2,1% nos bairros Guató, Guanã, Kadiwéus, Nova Corumbá, Guarani, Jardim dos Estados, Jardinzinho, Popular Velha, Otacílio e São Vicente.

Campanha

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions