A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/03/2008 07:13

CPI não verá novidades nas prisões de MS, diz André

Redação

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), disse esta manhã, durante visita à Colônia Penal Agrícola, que os membros da CPI (Comissão Parlamentar de Investigação) do Sistema Carcerário, que chegam amanhã no Estado,  não encontrarão nada de diferente do que acontece nos outros presídios do País. "A situação é tão preocupante quanto nos havia sido mensurado", disse. "Nosso governo está dando prioridade à segurança, que passa por devassagem de anos", acrescentou,

Pela primeira vez ele visitou os alojamentos da Colônia Penal de Campo Grande e se limitou a dizer que a situação não é diferente da qual foi informada pelo secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini. Hoje o presídio passa por reforma para construção de alojamentos porque há internos que dormem ao relento. Um do detentos, que não se identificou, chegou a dizer que as obras são uma necessidade deles e não somente ordem do governo. 

O presídio é problemático. Presos foram flagrados repetidas vezes fazendo farras, com bebidas e mulheres e chegaram a incendiar uma viatura da polícia. Há cerca de 600 internos no local.

O governador chegou ao presídio no helicóptero apreendido em junho do ano passado com o traficante colombiano Juan Carlos Abadia Ramirez, que cumpre pena no presídio federal de Campo Grande. Puccinelli defendeu que bens apreendidos com criminosos sejam usados para equipar a polícia ou que sigam para leilão.
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions