A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

19/02/2010 20:16

CRF: 66% das farmácias estão irregulares na Capital

Redação

Em Campo Grande, 66% das farmácias estão irregulares em relação a RDC 44 da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), segundo levantamento do CRF/MS (Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso do Sul). Com base na fiscalização dos últimos dias, o órgão apurou que apenas 34% de 80 estabelecimentos analisados cumprem a resolução do órgão, que entrou em vigor hoje.

No País, operação nacional do órgão resultou na prisão de sete pessoas e na interdição de 16 farmácias em Belo Horizonte (MG) e São Paulo. Os fiscais e os policiais federais encontraram várias irregularidades consideradas graves, desde a venda de medicamento falsificado e até cigarro contrabandeado do Paraguai.

"O que chama a atenção é que esperávamos encontrar situações mais relacionadas às novas regras da Anvisa, mas o que vimos foram verdadeiras situações criminosas como, por exemplo, a venda de medicamentos tarja preta, sem nenhum tipo de controle, e de medicamentos falsificados", afirmou o assessor de segurança institucional da Anvisa, Adilson Bezerra.

Em Campo Grande, fiscais do CRF/MS estão percorrendo as drogarias. No entanto, os estabelecimentos foram contemplados pela epidemia de dengue. Além de vender mais remédios, não serão fiscalizados porque os funcionários da Vigilância Sanitária Municipal estão voltados para o combate da doença.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions