A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/09/2013 11:29

Defesa de Dudu ingressa com 3º pedido de liberdade no Tribunal de Justiça

Edivaldo Bitencourt

A defesa do ator, músico e ativista social Eduardo Miranda Martins, o Dudu, preso após as manifestações contra a corrupção no dia 21 de junho deste ano, ingressou, ontem (13), com novo pedido de habeas corpus. Este é a terceira solicitação que será julgada pelo desembargador Carlos Eduardo Contar, da 2ª Câmara Criminal do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Contar já negou outros dois pedidos de HC para Dudu. O primeiro foi no dia 23 de agosto deste ano. O segundo habeas corpus foi rejeitado em 30 de agosto deste ano.

A defesa alega que ele era perseguido pela Guarda Municipal e insuficiência de provas para mantê-lo preso no Centro de Triagem.

Os advogados de defesa, Arnaldo Kalil e Rodrigo Batalha Rocha, também fizeram pedido de revogação da prisão preventiva na 4ª Vara Criminal de Campo Grande, que será analisado pela juíza Kelly Gaspar Duarte Neves.

Eles argumentam que Dudu era perseguido pelos guardas municipais desde 24 de abril deste ano, quando participou de audiência pública sobre o armamento da Guarda Municipal de Campo Grande. Segundo depoimentos anexados ao pedido, os agentes municipais abordaram Dudu em várias ocasiões e ainda “visitaram” sua casa.

Além de pedir a revogação imediata da prisão preventiva de Dudu, os Rocha e Kalil pedem a sua absolvição ao julgamento final do caso por insuficiência de provas. E citam que ele foi preso durante a manifestação contra a corrupção, que reuniu 20 mil pessoas nas ruas da Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions