A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

12/09/2013 10:28

Advogado filma conversa com Dudu no presídio e é levado para a delegacia

Graziela Rezende
Eduardo durante entrevista exclusiva ao Campo Grande News. Foto: Marcos ErmínioEduardo durante entrevista exclusiva ao Campo Grande News. Foto: Marcos Ermínio

Um advogado de 44 anos foi encaminhado para a delegacia na manhã de ontem (11), após ser flagrado filmando uma conversa com Eduardo Miranda Martins, o Dudu, preso desde o dia 21 de junho, durante as manifestações que ocorreram em Campo Grande, sob a acusação de estar portando 28 papelotes de cocaína e maconha na mochila. Ele também é acusado de jogar pedras para depredar locais públicos.

Segundo a Polícia, Arnaldo Kalil Molina chegou ao complexo penitenciário e se apresentou como advogado, inclusive entregando a carteira da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) aos agentes. Ele disse que iria visitar Dudu, como Eduardo é conhecido, e ainda entregar livros, revistas e alimentos para ele.

O agente penitenciário de plantão então fez as revista nos objetos e informou ao advogado que ele somente entraria caso entregasse as chaves e o celular. Neste momento, Arnaldo deu as chaves e disse que estava sem telefone na ocasião. Porém, horas depois, o defensor foi flagrado filmando a conversa com o detento.

O agente então o levou para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, onde foi indiciado por favorecimento real, que seria auxiliar ou facilitar a entrada de telefone. A pena, conforme o Código Penal Brasileiro é de um ano e seis meses e multa.

O Campo Grande News tentou entrar em contato com o profissional, inclusive pedindo informações para a OAB/MS, porém não obteve êxito.

Recentemente, em entrevista, Eduardo acusou a Guarda Municipal de “plantar” drogas em seus pertences, embora ter confessado ser usuário de maconha e cocaína. Na ocasião, ele foi preso junto com um grupo de amigos. Todos pagaram fiança, enquanto ele foi indiciado pelo tráfico de drogas e continua preso.

Ele teve pedidos de liberdade recusados pela Justiça e aguarda um novo pedido. 

 



Eu acho que ele ainda tá preso, por simplesmente SER NEGRO e não ter dinheiro PORQUE do contrario já estaria solta há um bom tempo....
 
maria terezinha em 12/09/2013 12:01:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions