A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/03/2009 11:55

Delcídio do Amaral cobra da Funai cumprimento de acordo

Redação

Durante a abertura da Expogrande, na noite de ontem (26), o senador Delcídio do Amaral (PT) cobrou da Funai (Fundação Nacional do Índio) o cumprimento do acordo feito no fim do ano passado o qual estabeleceu que os estudos antropológicos para fim de demarcação de áreas indígenas sejam acompanhados por agentes do governo do Estado e das prefeituras dos municípios onde os trabalhos serão realizados.

"Firmamos um acordo absolutamente sensato, tanto para a solução das disputas pendentes. E ficou claro naquela ocasião que o trabalho seria pautado por uma integração absoluta entre o governo do estado, as prefeituras, a FUNAI, a bancada federal e a bancada estadual. Nós rejeitamos atitudes fora do encaminhamento ajustado, e vamos nos empenhar para que se cumpra tudo aquilo que foi acordado", advertiu o senador.

Na ocasião, Delcídio destacou que os critérios definidos recentemente pelo STF (Supremo Tribunal Federal) para novas demarcações devem servir de base para quaisquer outros processos demarcatórios no Brasil.

Segundo ele, é importante observar atentamente a decisão do STF sobre reserva indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima.

"Ela estabelece uma série de procedimentos que serão muito pertinentes nos trabalhos que eventualmente venham a ser desenvolvidos em Mato Grosso do Sul. Muitas das propostas que fazem parte do acordo firmado no ano passado em nosso Estado estão nessa sentença do STF. Acho que se isso for bem trabalhado será um caminho que trará tranquilidade aos produtores rurais e aos povos indígenas", avaliou o senador.

Investimentos - Laucídio Coelho Neto, presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), agradeceu ao senador a destinação de R$ 400 mil para Expogrande. O dinheiro foi viabilizado por Delcídio junto ao governo federal e está sendo investido pela entidade na infra-estrutura e divulgação da feira.

"Nós vínhamos tentando isso há muito tempo, para ajustar uma estrutura de patrocínio que desse tranquilidade a realização da Expogrande. Este ano conseguimos R$ 400 mil e eu já tenho um acordo com o Ministério da Cultura e com o Ministério do Turismo para também colocar na programação desses Ministérios outros grandes eventos que todo ano acontecem em nosso Estado. A Expogrande é um atrativo turístico e empresarial. Por isso, temos que apoiar este tipo de evento", afirmou Delcídio.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions