ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  22    CAMPO GRANDE 15º

Cidades

Depoimentos da Operação X já estão com MPF e Justiça

Por Redação | 05/08/2008 10:33

Os relatórios dos depoimentos dos oito presos na Operação X, desenvolvida nesta segunda-feira pela PF (Polícia Federal), em Campo Grande, já foram encaminhados ao MPF (Ministério Público Federal) e Justiça Federal. Os depoimentos começaram à tarde e só terminaram na madrugada.

A PF não revela o teor dos depoimentos, nem o que teria sido apreendido com os presos, todos autuados em flagrante pelos crimes de formação de quadrilha e extorsão mediante seqüestro.

A informação é de que Juan Carlos Ramirez Abadia, Luiz Fernando da Costa, o Beira-Mar, José Reinaldo Girotti, João Paulo Barbosa, Ivana Pereira de Sá (ex-mulher de Beira-Mar), Leandro Oliveira dos Santos (preso em Nova Andradina), Leonice de Oliveira (presa em Nova Andradina) e o advogado de Girotti, Vladimir Búlgaro (preso no interior de São Paulo), estejam envolvidos em um plano de seqüestro de autoridades de Mato Grosso do Sul e de outros Estados.

Os quatro primeiros são detentos da Penitenciária Federal de Campo Grande e mesmo com todo o sistema de segurança da unidade, teriam arquitetado lá de dentro os planos. Eles teriam tido a ajuda dos demais presos ontem.

O advogado de Abadia e Beira-Mar, Gustavo Battaglin, diz que ambos não se conhecem, mas sabem que estão presos na mesma penitenciária. Diz que Abadia conhece Girotti porque já estiveram juntos no banho-de-sol.

Os detentos do presídio federal já retornaram à unidade e os demais permanecem na PF.

Nos siga no Google Notícias