A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

06/01/2015 06:05

Depois de chuva forte, céu amanhece entre nuvens e previsão é de tempo nublado

Viviane Oliveira
O tempo amanheceu entre nuvens, em Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio) O tempo amanheceu entre nuvens, em Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio)

Depois da chuva forte de ontem, o céu amanheceu entre nuvens nesta terça-feira em Campo Grande e previsão é de tempo nublado em todo Mato Grosso do Sul, de acordo com o Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos).

Para a Campo Grande os meteorologistas prevê chuvas isoladas e fracas com volume de até 7 milímetros. O sol aparece pela manhã e tarde. No período da manhã com temperatura de 21ºC e a tarde calor de 30ºC. Na parte da tarde a umidade relativa do ar deve ficar em 33%.

Um sistema de alta pressão no oceano Atlântico vai deixar as chuvas mais fracas para os próximo dias. O céu deve ficar com algumas nuvens e haverá chuvisco para todo o Estado com volume mais baixo.

Conforme o Cemtec, esse sistema de alta pressão vai causar um bloqueio atmosférico que impedirá as chuvas fortes, o que deve deixar a umidade mais baixa. A temperatura mínima deve ficar em torno de 24ºC em Porto Murtinho e 23ºC em Corumbá e Ladário. Nas demais regiões será entre 21 e 22ºC.

No período da tarde as máxima devem ficar em torno de 33ºC na região Norte, 28ºC para Noroeste, 32ºC na região Sudoeste como Porto Murtinho, Caracol, Antônio João. Em Dourados, a temperatura será de 26ºC.

A umidade relativa pela manhã no Estado será entre 70 e 80% e no período da tarde vai ficar em torno dos 40%. O índice de radiação ultravioleta ficaram entre 14 e 15 para MS, valor considerado extremo.

Estragos - Menos de duas horas de chuva, que somou 52,2 milímetros em algumas regiões, bastaram para transformar a tarde de ontem (5) em um verdadeiro caos para muitos motoristas. A chuva arrastou carros, outros caíram em valas e o trânsito ficou prejudicado em algumas regiões da cidade. Acidentes, carros submersos,veículos destruídos, erosões e alagamentos foram registrados em vários bairros.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions