A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

06/08/2009 11:50

Deputado diz que conta de primo gago motivou projeto

Redação

O projeto de lei que concede desconto de 50% na conta de telefone para quem é gago foi criado pelo deputado Diogo Tita (PMDB) após ele tomar conhecimento que um primo dele, que tem o distúrbio na fluência e temporalização da fala, paga um valor alto pelo uso do telefone celular.

A informação é do próprio deputado. "Eu tenho um primo que abandonou o 2º ano de administração por conta da gagueira. Eu percebi que a conta dele vinha alta demais e resolvi fazer o projeto", afirmou.

Tita justifica que a lei das concessões prevê cobranças diferenciadas. A estimativa é de que 20 mil pessoas em Mato Grosso do Sul gaguejem.

Se o projeto for aprovado da maneira que está, para ter direito ao desconto será preciso apresentar um atestado médico comprovando essa condição.

O deputado argumenta que "para o gago, a produção da fala é uma atividade trabalhosa" e que ele "demora muito mais para falar". A gagueira não tem cura.

O projeto já foi aprovado pela CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação).

A criatividade de Tita ao fazer o projeto levou ele a ser convidado para dar uma palestra, ontem, durante o Congresso Brasileiro e Internacional de distúrbios da fala, na Universidade Veiga de Almeida, no Rio de Janeiro.

Ministério Público faz contrato de R$ 3 milhões com empresa de informática
O MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) firmou contrato de R$ 3,3 milhões com a empresa Click Ti Tecnologia Ltda. Com validade de seis me...
Novos critérios definem morte encefálica e afetam doação de órgãos
O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou hoje (12) critérios mais rígidos para definir morte encefálica. A mudança nos procedimentos tem impacto...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions