A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019

18/08/2010 16:00

Derf apresenta acusado de assaltos a 12 casas na Capital

Redação

Preso no início do mês por porte ilegal de arma, Anderson de Oliveira, de 25 anos, foi apresentado esta tarde na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos como autor de 12 assaltos a residências nos bairros Monte Líbano, TV Morena, São Bento e Vilas Boas.

De acordo com a Polícia Civil, Anderson já foi reconhecido por sete testemunhas que foram assaltadas nos últimos seis meses. Após sua prisão por porte de arma, os policiais fizeram a ligação de suas características físicas com as apresentadas pelas vítimas.

Conforme as investigações, Anderson passava pelos bairros e escolhia uma casa. Durante alguns dias acompanhava o cotidiano da família, marcando os horários de chegada e saída. Sempre armado, o acusado atuava com um comparsa, mas não revela o seu nome.

Os assaltos aconteciam quando a família saía e deixava apenas um funcionário na casa. Em uma das ações, invadiu a casa e rendeu uma funcionária durante uma entrega de gás de cozinha.

Violento com as vítimas, Anderson levava de 20 a 30 minutos para roubar. Escolhia objetos pequenos, mas de grande valor, como relógios, jóias e notebooks, que eram vendidos no Centro de Campo Grande por preços irrisórios. Um relógio Rolex original roubado de uma das casas foi vendido por Anderson a R$ 50,00.

Anderson já foi preso em 2005 por roubo e deve retornar ao Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande. Segundo a Polícia Civil, a pena para cada um dos roubos é de seis a doze 12 anos de reclusão.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions