A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/11/2013 11:29

Desafio da PM na segurança de fim de ano é cobrir todos os shoppings

Zana Zaidan
O coronel da PM, Evaldo Mazuy, apresentou o plano de segurança para o fim do ano (Foto: Cléber Gellio)O coronel da PM, Evaldo Mazuy, apresentou o plano de segurança para o fim do ano (Foto: Cléber Gellio)

O plano de policiamento da Polícia Militar para o fim do ano em Campo Grande passou por alterações em relação aos anos anteriores – com mais shoppings na Capital, o desafio é conseguir dividir o contingente entre o Bosque dos Ipês, o Norte Sul Plaza e o Shopping Campo Grande, além de cobrir o Centro da cidade e os demais bairros.

A estratégia da PM foi apresentada hoje (21), e 300 policiais vão reforçar a segurança nos chamados “corredores comerciais”, por causa das compras de Natal. Viaturas, motos e bicicletas serão posicionadas em locais e horários estratégicos.

O coronel da PM Evaldo Mazuy explica que “a incógnita ainda é em relação ao Shopping Bosque dos Ipês”, inaugurado recentemente. Por isso, o planejamento da segurança só poderá ser definido conforme as ocorrências forem verificadas ao longo do fim do ano, explica o coronel.

“O que verificamos é que o shopping é frequentado por uma população de menor poder aquisitivo, que mora no bairro Nova Lima e região. Essa população tem como característica sair de casa durante o dia, por causa dos horários das linha de ônibus, e nossa estratégia partirá deste ponto”, acrescenta.

No entorno do Shopping Norte Sul Plaza, que engloba os bairros Vila Nhanhá e Jockey Clube, a movimentação dos visitantes já é conhecida pelo Serviço de Inteligência da PM. “Por lá, o movimento aumenta a partir das 17 horas, porque muitos estudantes, na faixa dos 15 aos 19 anos, chegam nos pontos de ônibus da avenida Ernesto Geisel. Depois, às 21 horas, as viaturas cobrem o entorno, já que é o horário em que os comerciantes e visitantes começam a sair”, afirma.

Em outubro, uma onda de furtos de motos foi registrada nas proximidades do Norte Sul, problema que, segundo o coronel, já foi sanado. “Intensificamos as rondas e, com isso, conseguimos identificar dois grupos que agiam no local. Todos já foram presos”, reforça.

Ainda conforme o coronel, a rotina de quem frequenta o shopping Campo Grande também é conhecida, e o plano de segurança já estabelecido por causa do efetivo que patrulha a avenida Afonso Pena.

Regiões – Para elaborar o plano, a PM dividiu Campo Grande em sete áreas – Centro, Segredo, Prosa, Anhanduizinho, Bandeira, Imbirussu e Lagoa. Em cada uma delas, de 10 a 15 policiais vão se revezar em três turnos, com 10 motos e quatro viaturas.

O Centro da cidade, que engloba maior fluxo de consumidores, contará ainda com uma Base Móvel, com atenção especial para o período das 22 às 6 horas. “Fizemos um trabalho intenso durante o dia, por isso, alguns criminosos pensam ter licença para agir à noite. Agora, vamos intensificar também nos horários e locais que registram mais ocorrências”, afirma o coronel.

Nos bairros, as operações da PM começaram há 15 dias, segundo Mazuy, e visam apreender armas de fogo. “Ninguém comete assaltos sem armas ou simulacros de armas”, justifica.

Quanto à fiscalização do trânsito, a BPtran (Batalhão de Polícia de Trânsito) fará blitz diárias nos pontos em que o número de acidentes é maior. “Precisamos retirar de circulação veículos sem licenciamento. 42% dos motoristas flagrados com a documentação atrasada, também não porta carteira de habilitação, ou seja, colocam em risco a si mesmos e à população”, finaliza Mazuy.

Na região do Centro, o policiamento já foi reforçado (Foto: Cléber Gellio)Na região do Centro, o policiamento já foi reforçado (Foto: Cléber Gellio)


policiamento em shoping?

shoping ja tem segurança privada que faz isso!

quer acabar com a ladroagem faz arrastões na periferia isso é ´revenir !!

falta vontade ,isso sim!
 
ronaldo ferreira em 21/11/2013 13:49:55
muito bom seu comentário sra. Marcia, de que adianta anunciar que os PMs vão estar na
região central e dos shoppings se os roubos e assaltos ocorrem nos bairros, ou melhor
nas barbas do comando geral da PM, pois na semana passada roubaram uma residencia
na vila Nascente ( entrada do parque dos poderes ) em plena quinta feira as 10.00 horas
da manhã, levaram o que conseguiram carregar. Mas pode ter certeza que existe contingente
ciceroneando a residencia de alguns " bacanas ", e de mais a mais só tomarão medidas
mais enérgicas quando começarem a assaltar e roubar residencias de figurões da política,
juízes, desembargadores, só que bandido sabe com quem mexe e se mexer com estes
estarão fritos em pouca banha.
 
oziel sortica em 21/11/2013 13:49:27
Engraçado, achava que o maior desafio da PM era proteger o cidadão de bem, não shoppings centers e lojas.
 
André Lima em 21/11/2013 12:19:19
enquanto a policia da capital do MS não fizer um esquema de segurança nas ruas da capital, não adianta de nada, outro ponto é que em Campo Grande as policias só trabalham em horário comercial, não existe policia á noite, fim de semana e feriado, dessa forma que esta é cada vez pior a segurança pública, pois policia tem que estar na rua.
 
marcia do carmo em 21/11/2013 11:58:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions