A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/08/2009 06:55

Desavença pode ter provocado dupla execução em Dourados

Redação

Desavença contra o comerciante Juarez Aguiar de Souza, 43 anos, pode ter motivado a morte dele e do funcionário Márcio José Ribeiro. Os dois foram executados dentro do veículo Gol placa DGN-6032, de Dourados, na Rua Adelina Rigotti, Jardim Rasselen, em Dourados, município distante 230 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o delegado do 1º DP (Distrito Policial) da cidade, João Alves de Queiroz, o crime pode estar relacionado a problemas familiares. A Polícia Civil já identificou o suspeito do crime, porém, o nome é preservado para não comprometer as investigações.

Queiroz explica ainda que, embora a principal linha de investigação aponte que a desavença seja contra o comerciante, não é descartada a possibilidade de Ribeiro ser um alvo já que recebeu mais tiros do que Souza.

Os dois estavam dentro do carro quando foram surpreendidos pelo autor, que chegou ao local a pé, da mesma maneira como fugiu. O autor atirou primeiro em Ribeiro, que tentou fugiu e caiu em frente de uma mercearia.

Já o comerciante morreu dentro do veículo. No local foram encontradas cápsulas de munição calibre 38.

Trata-se de munição nova, portanto, o delegado acredita que a arma também seja nova.

Equipes da Polícia Civil mantiveram operação ontem para identificar o suspeito. Já ação hoje é voltada para localizá-lo.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions