A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

07/11/2013 10:38

Dono de caminhão roubado cruzou com veículo na estrada e chamou a polícia

Zana Zaidan
Major Gimenez afirma que ironia do destino fez Polícia encontrar caminhão sequestrado (Foto: Marcos Ermínio)Major Gimenez afirma que ironia do destino fez Polícia encontrar caminhão sequestrado (Foto: Marcos Ermínio)

O confronto com o Batalhão de Choque da Polícia Militar com quatro assaltantes, que resultou na morte de dois deles, só aconteceu porque o dono do caminhão Ford Cargo que havia sido roubado “cruzou” com o veículo na estrada e chamou a Polícia.

O caminhão foi roubado por volta das 15h30 de ontem (6), na rodovia MS-080, próximo à rotatória do bairro José Abrão, em Campo Grande. A PM foi acionada às 19h30, conforme o major Marcos Paulo Gimenez, da Tropa de Choque.

O major explica que o dono do caminhão trafegava na região do trevo Pimenta, nas proximidades da pedreira quando, “por sorte do destino”, avistou o caminhão. “Ele abordou o motorista, e estranhou o fato de ter duas pessoas dentro da cabine. Ao perguntar quem era o segundo homem, o motorista respondeu calmamente ‘carona’. Mesmo assim, ele achou muito estranha aquela situação, porque era um funcionário de confiança, antigo da empresa, e jamais teria essa postura de dar carona”, explica o major.

O homem deixou que seu funcionário seguisse viagem normalmente, mas acionou o 190. “As guarnições do Batalhão do Choque foram acionadas e fomos até a região indicada. No momento em que abordamos o caminhão, os quatro marginais já saíram atirando e, ao revidar, dois deles foram alvejados”, acrescenta.
O major afirma que uma das viaturas conduziu os assaltantes para a Santa Casa de Campo Grande, enquanto a outra ficou para tentar localizar os outros dois, sem sucesso.

Encomenda – Gimenez afirma que, em depoimento, o motorista sequestrado disse ter ouvido a conversa do grupo de bandidos. O plano era levar o caminhão até Rochedo, onde um comparsa os aguardaria para pegar o caminhão e levar para a região de fronteira com o Paraguai.

“Não é um caminhão de fácil comércio, por isso deve ter sido encomendado. Além disso, não é qualquer um que tem capacidade para manobrá-lo, então deveria ter alguém experiente esperando por eles”, conta.



Parabéns..... Major e a tropa de choque, bandidos a menos nas ruas...
 
Adriana Gimenes em 20/12/2013 13:52:14
Muito bom! Menos dois para aterrorizarem nosso povo.
 
Fernando Silva em 07/11/2013 22:44:49
Parabéns Major Marcos Paulo e a todos os policiais do Batalhão de Choque. A sociedade agradece.
 
FABIO BRAZILIO VITORINO DA ROSA em 07/11/2013 14:57:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions