A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/05/2009 13:52

Duas cidades podem implantar restaurantes populares

Redação

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome prorrogou o prazo de adesão de prefeituras e estados interessados em implantar restaurantes populares. O prazo de adesão foi prorrogado até o dia 1º de junho deste ano.

Em Mato Grosso do Sul, apenas duas cidades, Campo Grande e Dourados, possuem mais de 100 mil habitantes, um dos requisitos do Governo federal, e podem apresentar proposta.

O ministério está destinando R$ 16,8 milhões para o projeto. A obra do restaurante popular está orçada em R$ 1,250 milhão e mais R$ 150 mil para o custeio. A contrapartida do Governo estadual será de 10% a 20%, enquanto as prefeituras arcarão com apenas 4%.

O projeto exige a oferta de, no mínimo, mil refeições e localização estratégica. O restaurante deverá estar localizado em locais estratégicos, próximo de terminais de transbordo de ônibus ou unidades de saúde.

Na Capital, o programa pode ser a alternativa para a reativação do Restaurante Prato Popular, desativado em fevereiro deste ano pelo Governo estadual. O empreendimento foi fechado quatro anos após a inauguração, em novembro de 2004.

A Coca-Cola desistiu de tocar o restaurante, que oferecia até 350 refeições diárias no Bairro Dom Antônio Barbosa, na saída para Sidrolândia. A proposta para modernizar os prédios existentes prevê R$ 450 mil.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions